A amizade de duas mulheres na Espanha de 1748 é tema do novo romance de Ildefonso Falcones

Rainha Descalca_verdeAs cidades de Sevilha e Madrid por alturas de 1750 são palco da história da profunda amizade entre uma antiga escrava negra e uma cigana espanhola, num cenário de bailes, nobres e vilões, preconceito e intolerância, no novo livro de Ildefonso Falcones, A Rainha Descalça.

Depois de A Catedral e A Mão de Fátima, A Rainha Descalça remete para janeiro de 1748 e para o encontro entre uma mulher negra, que deixou um passado de escravatura em Cuba, e uma cigana de Triana. Uma amizade profunda, onde se entrelaçam amores sofridos, e também um mandato real que converte todos os ciganos em proscritos.

Editado pela Bertrand Editora, A Rainha Descalça tem o preço de 19,90 euros.

Texto de Catarina Delduque

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.