8ª Edição Do Festival InShadow Arranca Hoje

A 8ª edição do Festival InShadow arranca hoje e decorre até 11 de dezembro em vários espaços da Capital, como o Teatro Camões, Museu do Oriente, Cinemateca Portuguesa, Museu da Marioneta, Fundação Portuguesa das Comunicações, Teatro do Bairro, Espaço Santa Catarina, Espaço Cultural das Mercês, Galeria das Salgadeiras, RA7 Gallery e Galeria da Faculdade de Belas-Artes.

O inShadow traduz-se no encontro imprevisível entre cinema e dança e pretende revelar o melhor na área da criação artística transdisciplinar, fragmentada nas áreas do vídeo, performance e instalação/exposição.

O festival arranca hoje no Teatro Camões, com a estreia absoluta de Turbulência, uma nova co-produção Vo’Arte / Companhia Nacional de Bailado, para ver até dia 13.

Nos dias 18 e 19 de novembro, é a vez  da estreia nacional da performance Live Cinema Show de Usagininen (dupla de artistas do Japão) e um workshop do vídeo visionado, no Museu do Oriente.

De 21 a 25 novembro decorre o LittleShadow, para crianças das escolas de Lisboa com o LAC (Laboratório de Actividades Criativas) e a Competição Internacional de Filmes de Animação, na Fundação Portuguesa das Comunicações e no Museu da Marioneta.

A Cinemateca Portuguesa acolhe, de 24 a 26 de novembro, as sessões de Competição Internacional de Documentário, com projeção de 13 filmes de 13 países. O Melhor Documentário será distinguido com o prémio Luna Andermatt, patrocinado pela Conserveira de Lisboa.

As Sessões de Competição Internacional de Vídeo-Dança estreiam-se no Teatro do Bairro com 44 filmes de 21 países, de 29 novembro a 2 de dezembro e estende-se ao palco no dia 3 de dDezembro com a performance Striptease de Pere Faura

A noite de 3 de dezembro encerra com a Cerimónia de Entrega de Prémios.

O itinerário do Festival InShadow segue de 20 novembro a 11 de dezembro pelas instalações e exposições na Faculdade das Belas Artes, Espaço Santa Catarina, Espaço Cultural das Mercês, RA7 Gallery e Galeria.

De 10 de novembro a 11 de dezembro realizadores, coreógrafos e bailarinos nacionais e internacionais humanizam objetos artísticos entre conversas, workshops e masterclasses.

O Festival tem a curadoria e direção artística de Ana Rita Barata e Pedro Senna Nunes.

Veja a programação completa aqui.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.