80 anos d’O Mosquito Em Exposição na Biblioteca Nacional em Lisboa

mosquito80 anos d’O Mosquito é o mote para a nova exposição da Biblioteca Nacional de Portugal, que relembra e homenageia a famosa revista de banda desenhada nacional. 

Nascida a 14 de janeiro de 1936, o Mosquito tornou-se um símbolo e um ícone da banda desenhada nacional, tendo marcado várias gerações de jovens portugueses (especialmente os rapazes). Da autoria do desenhador, António Cardoso Lopes (o Tiotónio) e do gerente de hotel, mundano, poeta e prosador Raul Correia (o Avôzinho), foi inicialmente posta à venda nos jornaleiros e tabacarias por cinco tostões, tendo sido publicada até ao número 1412, que saiu a 24 de fevereiro de 1953.

Esta mostra comemora os 80 anos do seu nascimento, ilustrando os seus 17 anos de vida através de uma coleção representativa da cronologia da revista, incluindo outras publicações a ela associadas. Uma secção é especialmente dedicada aos autores portugueses, um dos quais, Eduardo Teixeira Coelho.

A exposição 80 anos d’O Mosquito é comissariada por Carlos Gonçalves e João Manuel Mimoso, com organização da Biblioteca Nacional de Portugal e do Clube Português de Banda Desenhada e pode ser vista de 26 de janeiro a 29 de fevereiro, na Sala de Referência da Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa, de segunda a sexta feira, das 9h30 às 19h30, e aos sábados, das 9h30 às 17h30, com entrada livre.

Texto de Elsa Furtado

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.