6ª Edição Do Vaudeville Rendez-Vous 2019 Com Nove Estreias

Vaudeville Rendez-Vous 2019, festival de circo contemporâneo, decorre entre 24 e 27 de julho, nos municípios de Vila Nova de Famalicão, Braga, Guimarães e Barcelos. A 6ª edição do festival acolhe estreias nacionais e absolutas, sendo todos os espetáculo de entrada livre.

O Vaudeville Rendez-Vous 2019 conta com três estreias absolutas, resultantes de três coproduções: A Fábrica da Mentira, de Elvis Mendes, vencedor da primeira bolsa de criação Vaudeville Rendez-Vous, em parceria com o Instituto Nacional de Artes do Circo (INAC), em Barcelos, no dia 25 e Famalicão no dia 26 de julho, ambos às 22h00; A peça Angutus, do francês Jonathan Frau e do português Jorge Lix, com apresentações em Famalicão, no dia 26 e Guimarães, no dia seguinte e Before The Rain, uma criação coletiva do INAC, em Guimarães, no dia 25 e Braga, no dia 27.

Barcelos, município que se estreia este ano no festival, recebe o primeiro espetáculo, A Simple Space, da companhia australiana Gravity & Other Myths, no dia 24 de julho, às 22h00. O espetáculo de acrobacia é apresentado no dia 26 de julho, às 22h00, em Guimarães.

Por Braga e Guimarães, nos dias 25 de julho e 27 de julho, respetivamente, ambos às 22h00, estreia a peça Sigma, dos britânicos e indianos Gandini Juggling, uma combinação de dança clássica e indiana com circo contemporâneo. Pelat de Joan Català, estreia em Vila Nova de Famalicão, no dia 25 de julho, às 19h00 e passa por Guimarães, no dia 26 e Barcelos, no dia 27, também à mesma hora, num espetáculo que combina dança, circo e performance com interação com o público.

O grupo francês Cirque Exalté traz a Vila Nova de Famalição, Barcelos e Braga, nos dias 25, 26 e 27 de julho respetivamente, o espetáculo Furieuse Tendresse, uma celebração da liberdade com cultura underground do circo dos anos 60 e 70. A dança acrobática Zoog de Amir and Hemda, estreia em Guimarães, no dia 25 de julho, às 19h00 e passa por Barcelos, no dia 26; Braga e Vila Nova de Famalicão, no dias 27, numa história íntima de amor e ódio. De França chega o espetáculo Bal Trap, do grupo La Contrabande, que se estreia em Braga, no dia 26 de julho e passa por Famalicão, no dia seguinte.

O programa conta ainda com o espetáculo acrobático da companhia inglesa Ockham’s Razor, Belly of the Whale; a peça Chá das Cinco, do grupo Coração nas Mãos; o espetáculo Um Belo Dia, da companhia nacional Dulce Duca.

O Vaudeville Rendez-Vous 2019 completa a sua programação com o Laboratório de Criação do Circo Contemporâneo, um debate sobre “Redes de cooperação artística, do micro ao macro” e um showcase, para criadores emergentes.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.