57 obras primas do Museu do Prado em exposição no MNAA a partir de Dezembro

expo_prado_mnaa2Depois de uma pequena digressão em Espanha, eis que chega finalmente a Lisboa, mais concretamente ao Museu Nacional de Arte Antiga, na sua única saída para o estrangeiro, a exposição Rubens, Brueghel, Lorrain – A Paisagem Nórdica do Museu do Prado, com inauguração agendada para dia 3 de dezembro.

A mostra, que vai ficar patente ao público Galeria de Exposições Temporárias do MNAA  até dia 30 de março, vai estar dividida em nove núcleos: “A Montanha: encruzilhada de caminhos”, “O Bosque como Cenário: a vida no bosque, o bosque bíblico e a floresta encantada, encontro de viajantes”, “Rubens e a Paisagem”, “A Vida no Campo”, “No Jardim do Palácio”, “Paisagem de Gelo e de Neve”, “Paisagem de Água: marinhas, praias, portos e rios”, “Paisagens Exóticas, Terras Longínquas” e, ainda, “Em Itália Pintam a Luz”.

Entre as 57 obras, presentes pela primeira vez em Portugal, destacam-se: A Paisagem Alpina, de Tobias Verhaecht, A Vida no Campo, A Abundância e os Quatro Elementos e Boda Campestre de Jan Brueghel o Velho, além de A Visão de Santo Huberto, pintada em colaboração com Rubens, Paisagem com Ciganos e Tiro ao Arco, de David Teniers, ou o Cerco de Aire-sur-la-Lys, de Peeter Snayers, o Bosque, de Simon de Vlieger e ainda O Porto de Amesterdão no Inverno, de Hendrick Jacobsz, Um Porto de Mar ou Desembarque de Holandeses no Brasil, de Jan Peeters e Atalanta e Meleagro Caçando o Javali de Cálidon de Rubens.

Encerram o percurso expositivo algumas das paisagens encomendadas pelo rei Felipe IV de Espanha a Claude Lorrain e a Jan Both, para decorar o Palácio do Bom Retiro de Madrid.

Rubens, Brueghel, Lorrain – A Paisagem Nórdica do Museu do Prado vai poder ser vista de 4 de dezembro até 30 de março, de terça a sexta-feira, das 10h00 às 19h00, sábado das 10h00 às 21h00 e domingo das 10h00 às 19h00 e a visita tem uma duração media de uma hora. Pela primeira vez em Portugal vai haver também acesso limitado à exposição, de forma a permitir aos visitantes apreciarem as obras com algum conforto e qualidade.

expo_prado_mnaaA exposição tem um orçamento de 380 000 euros (segundo Álvaro Covões da EIN disse na conferência de imprensa), é organizada pelo Museu do Prado estando a produção e a comunicação a cargo da produtora Everything is New (EIN).

Os bilhetes podem ser adquiridos online, ou no museu, e vão estar à venda a partir deste fim-de-semana em pré-venda. O preço dos bilhetes individuais varia entre os 3 euros e os 6 euros, havendo também preços especiais para estudantes e famílias.

Os bilhetes podem ser adquiridos em duas modalidades: Acesso Normal – válido para um dia da exposição com data marcada, Acesso Rápido – válido para um dia da exposição com data e hora marcada e tempo máximo de espera de 30 minutos, Acesso Livre – válido para qualquer dia da exposição.

Vai estar também disponível uma opção de bilhete conjunto, para o museu e exposição temporária, com visita a realizar no mesmo dia, com os preços a variar entre os 3 e os 10 euros e ainda visitas guiadas mediante marcação prévia e o pagamento de 2,50 euros por pessoa.

Por Elsa Furtado (texto e fotos)
Imagens dos quadros  fornecidas pela organização

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.