4ª Edição Do FUSOS Anima Loulé A Partir De Amanhã

A 4ª edição do FUSOS – Festival de Fusões Artísticas realiza-se de 3 a 6 de junho, na aldeia de Alte, Loulé, com uma programação recheada de fusões entre música, ilustração, sonoplastia, teatro, literatura, dança, circo e pintura.

Inaugura o festival um concerto de M-Pex com ilustrações dos Urban Sketchers. Segue-se um concerto/teatro da fadista Carla Pires, que apresentará o seu mais recente álbum Cartografado, misturando textos ficcionados da autoria de António Pires.

No dia 4 de junho, a Fonte Grande acolherá A Língua no Ouvido, uma performance que funde literatura e música e um concerto de Sal, recém-formada banda que incluí os elementos dos extintos Diabo na Cruz.

No sábado à tarde, Ana Root e Léo Lobo apresentam a performance Duobye, uma mistura de circo, dança, música e teatro. Segue-se um momento comemorativo dos 150 anos do nascimento de Cândido Guerreiro, o famoso poeta altense, com fusão entre literatura e música. Às 19h00, a Igreja Matriz de Alte acolherá um concerto de música antiga dos Ensemble Med, sobre o qual se ouvirão camadas sonoras da paisagem natural da aldeia, do projeto ASPA.

A Queda de Água do Vigário é o cenário escolhido para o último dia de Fusos, com uma fusão entre o jazz de Genoveva Faísca e a pintura de Renata Pawelec. Os Olive Tree Dance encerram, com um concerto, a 4ª edição do Festival.

A entrada em todos os eventos é gratuita, sujeita às lotações definidas.

O FUSOS é uma organização da Fungo Azul, Junta de Freguesia de Alte e Município de Loulé.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.