36º Fantasporto Arranca a 26 de Fevereiro com Gelo

fantas2016Gelo de Luís e Gonçalo Galvão Teles é o filme de abertura da 36ª edição do Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto, que decorre entre 26 de fevereiro e 5 de março no Teatro Municipal Rivoli. A longa-metragem é protagonizada pela atriz espanhola Ivana Baquero (O Labirinto do Fauno e As Crónicas de Shannara) e conta com um sólido elenco de atores portugueses, como Afonso Pimentel, Albano Jerónimo, Ivo Canelas, Inês Castel-Branco, Carlos Santos, João Jesus e Beatriz Leonardo. 

A programação do festival será desenvolvida à imagem das edições anteriores com as tradicionais secções competitivas, Cinema Fantástico, Semana dos Realizadores, Oriente Express e o Prémio de Cinema Português, homenagens e retrospectivas.

O programa da edição de 2016, incorpora as tendências das cinematografias quentes da América Latina (com destaque para o Brasil), Asiáticas e da Europa de Leste.

No Sector Retrospectivo, o destaque vai para a mostra/homenagem dedicada à obra do realizador de origem Macedónia, Milcho Manchevski. Pouco conhecido em Portugal, o realizador, argumentista, fotógrafo, escritor e conferencista Milcho Manchevski foi multi-premiado em numerosos festivais e nomeado para os maiores prémios do Cinema, tendo sido Embaixador da Cultura da Macedónia em 2007.

A sua primeira longa-metragem, Before The Rain, foi nomeada para os Óscares, venceu o Leão de Ouro do Festival de Veneza em 1995 e ainda o Prémio da Fipresci. Daí fez o circuito por outros festivais por todo o mundo, acumulando dezenas de prémios, nomeadamente o prémio da UNESCO em 1995, em São Petersburgo, S = 3o Paulo, ou Estocolmo. Recebeu ainda o Independent Spirit Award 1996 para o Melhor Filme Estrangeiro. A referida prima será apresentada na Sessão de Encerramento do Fantasporto, na presença do realizador, que virá ao Porto para dois workshops,  apresentar a sua obra e receber o prémio de carreira Fantasporto.

A organização afirmou em comunicado de imprensa que “está garantido mais um Fantasporto virado para o visionamento de obras recentes e inéditas, descobertas em todo o mundo do Mundo, e das mais diversas tendências do audiovisual, cujo elo de ligação é o amor pelo cinema dos seus autores.”

A selecção dos cerca de 200 filmes inéditos a apresentar foi feita a partir de cerca de 1700 filmes da produção de 2015, vindos de 68 países, como: Afeganistão, Alemanha, Angola, Argentina, Austria, Austrália, Bangladesh, Bélgica, Bielorussia, Bulgária, Brasil, Cabo Verde, Canadá, Chile, China, Chipre, Colômbia, Coreia do Sul, Costa Rica, Croácia, Cuba, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos da América, Egipto, Emiratos Árabes Unidos, Eslováquia, Estónia, Filipinas, Finlandia, França, Georgia, Guiné, Grécia, Holanda, Hungria, India, Irão, Iraque, Irlanda, Israel, Itália, Japão, Letónia, Líbano, Macedónia, Malta, México, Myanmar, Nepal, Nigeria, Nova Zelândia, Peru, Polónia, Portugal, Reino Unido, Romenia, Rússia,São Tomé e Principe, Sérvia, Suécia, Suiça, Tailândia, Tunísia, Turquia, Ucrânia, e Venezuela.

Os bilhetes para o festival custam 5 euros, as sessões de abertura e encerramento custam 6 euros (cada ou 7 euros as duas) e podem ser adquiridos online e nas bilheteiras do Rivoli. Os livres trânsitos participantes e indústria custam 100 euros.

Por C&H

 

 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.