2ª Edição Do Festival Hat Weekend Anima São João Da Madeira Este Fim De Semana

São João da Madeira acolhe, pelo segundo ano consecutivo, o festival urbano Hat Weekend, que decorre até 22 de julho, com instalações, concertos, teatro e circo de rua, exposições, artes performativas, residências artísticas, arte urbana, desfiles e experiências imersivas, numa celebração da indústria chapeleira e das tradições da região.

As diversas atividades agendadas (cerca de 50), que ocuparão várias salas e espaços da cidade, são de entrada livre e têm como objetivo primordial reforçar o papel de São João da Madeira enquanto a Capital do Chapéu.

O Festival pretende ainda aproximar a população local e os visitantes, à riqueza histórica da chapelaria na região, apostando em várias atividades interativas e imersivas que permitam um novo olhar da comunidade ao património sanjoanense.

Na edição deste ano, o Canal 180 comissaria uma das iniciativas com um conjunto de artistas urbanos (nacionais e internacionais),  que em regime de residência artística, irão grafitar alguns dos edifícios de S. João da Madeira, o novo circuito de arte urbana terá como tema “S. João da Madeira, Cidade de Chapéus”Em destaque está também a inauguração de um mural de Mariana, a Miserável, propondo uma homenagem aos trabalhadores da antiga fábrica de chapéus onde se instalou Museu da Chapelaria.

Neste primeiro dia destaque ainda para a abertura do Fundição de Memórias, uma instalação performativa realizada pela associação Ecos Urbanos, que propõe uma viagem sensorial pelo universo simbólico do chapéu, e ainda para o espetáculo Tangran e o Chapeleiro – Episódio: Em Busca do Chapeleiro, da autoria da Companhia ARTELIER, que combina video mapping, teatro, circo e multimedia, entre realidade e ficção, para fazer um elogio ao património da chapelaria.

Entre hoje e domingo, das 10h00 às 23h00, vão decorrer ainda diversas actividades e espetáculos, como atuações de Bandas Dixie, de dança, desfile de grupos de música com chapéus,  atuações de grupos populares de vários pontos do país, um desfile de 14 confrarias de diversos pontos do país, exibições de novo circo e teatro de rua, uma feira do feltro e um festival gastronómico, a decorrer entre o Museu da Chapelaria e as principais praças da cidade.

A programação inclui ainda uma feira gastronómica, uma mostra de doçaria regional, um mercado que reunirá alguns dos mais originais artesãos que trabalham o feltro e dois projetos de comunidade, um que propõe uma experiência imersiva e sensorial em torno da memória coletiva do chapéu e outro que propõe um olhar novo sobre os processos de construção e desconstrução do espaço urbano, visita a lojas e ver o trabalho de designers contemporâneos. 

A programação completa para do Festival Hat Weekend pode ser vista aqui.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.