25 De Abril Celebrado Online E Em Casa

O 25 de Abril vai ser assinalado “Em Casa” e Online em grande parte dos municípios e concelhos nacionais, apresentamos aqui a programação de 4 municípios a Sul: Moita, Palmela, Alcácer do Sal e Grândola.

Na Moita, a proposta é para cantar “Grândola Vila Morena” à janela, no dia 25, pelas 15h00, e também o Hino Nacional.

Para além desta iniciativa a autarquia dedica também os projetos culturais da Câmara Municipal da Moita: “Histórias que nos ligam” e “A Poesia Continua” ao 25 de Abril, e terão lugar na página do Facebook das Bibliotecas Municipais. Também aqui, mas no dia 24 de abril, a partir das 11h00, decorrerão “Conversas de Abril”, promovidas pela Câmara Municipal e pela União de Resistentes Antifascistas Portugueses, com  testemunhosde resistentes antifascistas, por Marcolino Fernandes, Irene Encarnação e Adriano Encarnação e no dia 25, serão partilhados vídeos alusivos à Revolução dos Cravos.

Em Palmela, o Município preparou um conjunto de propostas que vão ter lugar online, no site da Câmara, no canal Youtube da Autarquia e na página de Facebook Catavento.

Até ao dia 24, a Câmara Municipal propõe às famílias construírem cravos para colocar à janela, tendo como ajuda o vídeo que o Serviço Educativo da Divisão de Bibliotecas e Património Cultural preparou. À noite, a partir das 22h30, é transmitido o concerto Por Terras do Zeca, em direto do Cineteatro S. João, mas sem público. Com arranjos e direção musical de Davide Zaccaria e as vozes de Armindo Neves, Filipa Pais, Ivo Barata, João Afonso, João e Maria Anadon.

Durante o dia 25 tem lugar a iniciativa “Cantemos – Grândola Vila Morena”, em que músicos do Concelho interpretam, a partir de suas casas, o tema de José Afonso, com diferentes vozes e instrumentos. É também proposto à população ir à janela e cantar “Grândola Vila Morena” e o Hino Nacional, associando-se à iniciativa da Associação 25 de Abril.

O programa inclui ainda exposições para visitar virtualmente: 25 Imagens / 25 Memórias, uma recolha documental de 25 imagens da época, existentes no Arquivo Municipal de Palmela, e A PIDE em Pinhal Novo, numa homenagem aos presos políticos da freguesia.

Já o Município de Alcácer do Sal vai festejar a data com a publicação de vários conteúdos virtuais preparados para os momentos-chave das celebrações através da sua página de Facebook

As comemorações arrancam na noite de 24 de abril, pouco antes das 00h00, com o tema “E Depois do Adeus” (senha que deu início à revolução há 46 anos atrás) e a disponibilização de outras músicas alusivas à Revolução dos Cravos.

Às 9h00 do dia 25 de abril vai ter lugar o hastear da bandeira, e às 15h00 a autarquia adere à iniciativa da Associação 25 de Abril e convida a cantar à janela “Grândola, Vila Morena” (momento que no Facebook da CMAS vai ser acompanhado da publicação do vídeo deste emblemático tema), seguido do Hino Nacional.

Ao longo do dia vão ser partilhadas no Facebook imagens de antigas comemorações desta data no concelho, vai ser lido um conto aos mais pequenos alusivo ao tema, preparado e contado pela equipa da Biblioteca Municipal, e há ainda uma exposição virtual com desenhos do Dia da Liberdade criados por alunos do 1º ciclo do ensino básico, resultantes de um desafio lançado pela autarquia.

E a terminar, a Vila de Grândola assinala a data com um desafio e um programa a ter lugar online na página de FB e do Instagram da autarquia. O programa começa por propor aos habitantes locais (e não só) escrever uma frase, um pequeno texto, um poema, um desenho, uma ilustração, ou uma colagem; e depois, no dia 25 expor a criação na janela, varanda, muro ou portão. Tudo sem sair de casa.

Outra proposta é para escrever “Cartas a Abril”, e consiste em escrever uma pequena carta à liberdade e enviar para Biblioteca@cm-grandola.pt. A divulgação das Cartas de Abril terá lugar no dia 26.

O ponto alto da programação é o concerto de Luis Galrito na noite de 24 de abril, pelas 22h00; e às 00h20 serão lançados 25 murteiros acompanhados pela música Grândola Vila Morena.

Dá mais força à Liberdade – Mensagens para Grândola, é outro dos destaques da programação. A iniciativa reúne um conjunto de reconhecidos artistas nacionais e internacionais, que nestes tempos de confinamento, para assinalar a ligação indissociável da Vila Morena ao 25 de Abril, e aos valores da liberdade, gravaram para Grândola, mensagens que vão ser transmitidas nos dias 24 e 25 de Abril às 21h00. Participam Mário Lúcio (Cabo Verde), The Last Internationale (EUA), Golosa la Orquestra (Chile), Sérgio Godinho, Carlão, Rui Reininho, Samuel, Afonso Dias, Albano Nunes, António Manuel Ribeiro, Quem te viu, quem te vê – Instituto Memória Musical Brasileira, Luis Galrito, António Duarte, Rui Pato, Grafonola Voadora (João Espada, Luís Galrito e Napoleão Mira), Viriato Teles e José Fanha.

No Dia 25 de Abril, As Comemorações começam a ser transmitidas às 10h40 com a Arruada virtual da Banda da Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense. Pelas 11h00, é transmitido em direto o Hastear da Bandeira nos Paços do Concelho, e as Mensagens do Presidente da Câmara Municipal de Grândola, António Figueira Mendes, e do Presidente da Assembleia Municipal, Rafael Rodrigues.

À semelhança de outros municípios também aqui, no dia 25, pelas 15h00, todos são convidados a cantar nas janelas e varandas a “Grândola, Vila Morena” e o Hino Nacional.

No domingo, 26 de Abril, às 15h00, é apresentado o documentário Se fores preso, camarada. Testemunhos de grandolenses perseguidos e presos durante o Estado Novo. Município de Grândola, 2018. Produção e realização: A Música Portuguesa A Gostar Dela Própria.

“Vamos celebrar a Liberdade, mas em segurança, em casa!”.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.