20.20 Para Ver No Teatro Carlos Alberto

O Teatro Carlos Alberto (TeCA), no Porto, acolhe, de 3 a 6 de setembro, a peça 20.20, uma coprodução Circolando, São Luiz Teatro Municipal, CMA/Teatro Aveirense e Teatro Nacional São João, com direção artística de André Braga e Cláudia Figueiredo, que celebra os 20 anos da Circolando.

Com um caminho feito de ciclos e ruturas, também agora se quer um novo início. Tendo como inspiração o conceito de corpo-arquivo desenvolvido por André Lepecki, 20.20 parte da abordagem de um conjunto de materiais documentais – textos, movimentos, motes de pesquisa – para, sem ponta de nostalgia ou revivalismo, “identificar campos criativos não esgotados de novas possibilidades”. O que está em jogo é a invenção de novas vidas e desdobramentos para os materiais, trabalhando nas zonas de sombra da memória, na sua consanguinidade com o sonho, no cruzamento de passado-presente-futuro. Do exercício de turbilhonamento do passado, quer-se chegar a “uma nuvem flutuante de afetos”, uma paisagem brumosa de onde emergem corpos, vozes dispersas, matérias pulsantes que reclamam novas existências. Em 20.20, celebra-se e partilha-se a vivência da criação artística como um laboratório, onde prima a vontade do desafio e do novo, a mesma inquietação de sempre.

A peça conta com direção artística de André Braga & Cláudia Figueiredo, e é uma cocriação e interpretação de Ana Isabel Castro, André Braga, Bruno Senune, Constanza Givone, Daniela Cruz, Félix Lozano, Ricardo Machado, com músoca de Rui Lima e Sérgio Martins e interpretação ao vivo de Rafael Maia.

A peça, para maiores de 12 anos, tem a duração aproximada de 1h10, com sessões nos dias 3 e 4 de setembro, pelas 21h00; no dia 5, pelas 19h00 e no domingo, 6 de setembro, pelas 16h00.

Os bilhetes tem um custo de 10 euros e podem ser adquiridos online ou no local.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.