15ª Festa Do Jazz Do São Luiz Arranca A 7 De Abril

O São Luiz abre as portas para receber a 15ª Festa do Jazz entre os dias 7 e 9 de abril, sob a direcção artística de Carlos Martins. Como já vem sendo um (bom) hábito, esta festa vai ser o ponto de encontro não só entre músicos e o público – aquele é o formato mais clássico de um concerto – mas também para estudantes, entusiastas, produtores e pessoas associadas à música, assim como pais, familiares, amigos e conhecidos.

O festival arranca com uma showcase das escolas superiores de música na noite de sexta feira, que culminará com a actuação de uma big band formada por alunos e, nas tardes de sábado e domingo, será a vez das felizmente inúmeras escolas do país mostrarem o que de melhor se faz nos sítios onde se aprende jazz. No final da tarde de sábado teremos também a entrega da 2a edição do Prémio de Composição Bernardo Sassetti, seguido de, às 21h30, o Prémio RTP/Festa do Jazz.

Dentre os concertos é de destacar o de encerramento da festa, no domingo 9 de abril às 23h00, na Sala Luis Miguel Cintra, os Michael Lauren All Starts. E, de facto, trata-se de uma autêntica constelação de grandes nomes ligados ao jazz nacional, reunidos pelo baterista americano Michael Lauren, e com quem gravou o álbum Once Upon a Time in Portugal: Carlos Barretto (contrabaixo), Diogo Vida (piano), Jeffrey Davis (vibrafone), José Meneses (saxofone), Hugo Alves (trompete) e Nuno Ferreira (guitarra).

Na tarde sábado, pelas 17h30, será a vez de Joana Machado ocupar a sala Mário Viegas. A cantora vai apresentar temas do mais recente álbum de estúdio, Life Stories, assim como alguns inéditos, partilhando o palco com os compagnons de route habituais: Bruno Santos, na guitarra, Óscar Graça, nas teclas, Romeu Tristão, no baixo e Joel Silva na bateria.

Estes são apenas dois nomes de uma lista bem mais extensa que inclui ainda, por exemplo, o projecto de Luís Barrigas, Songs With and Without words, e o colectivo Lisbon Freedom Unit, ambos na tarde de domingo. E claro – nem outra coisa seria de esperar – todas as noites terminam com uma jam session.

Relativamente aos bilhetes, os passes de um dia para a Sala Luis Miguel Cintra custam 12 euros e os de dois dias custam 18 euros. Os mesmos passes para a Sala Mário Viegas custam, respectivamente, 8 e 12 euros. Há descontos para menores de 30 anos e maiores de 65, e estão à venda online e no local.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.