Xutos, Trovante e muitos mais animam festa do Avante este fim-de-sema

Política à parte, este fim-de-semana é fim-de-semana de Festa do Avante, numa edição cheia de surpresas, com alguns regressos, como é o caso dos Xutos & Pontapés e dos Trovantes e muitas novidades, como a apresentação do novo trabalho discográfico de Sérgio Godinho, no domingo, no já conhecido espaço da Quinta da Atalaia.

A festa arranca sexta-feira, dia 2, com o Palco 25 de Abril a receber pelas 21h30 a Grande Gala de Ópera, para os fãs da música mais étnica, o Auditório 1º de Maio recebe pelas
20h30 os Bela Nafa da Guiné-Bissau e Lisboa; às 21h30, David Rovics dos Estados Unidos, às 22h30 o Susana Santos Quinteto e às 23h30, Ritinha Lobo de Cabo Verde.

No sábado as hostes começam cedo, logo pelas 15h00, no Auditório 1º de Maio, com Anxo Lorenzo da Galiza; seguem-se os Danças Ocultas; Mosto: de Itália os Gattamolesta; Dead Combo & Royal Orquestra das Caveiras; pelas 20h00 é a vez de Tim & dos Companheiros de Aventura; seguidos de Maria Anandon e Sérgio Godinho com o seu novo trabalho Mútuo Consentimento; e depois os Budda Power Blues e a terminar os LUME – Lisbon Underground Music Ensemble.

No palco principal – Palco 25 de Abril estão previstas para sábado as atuações dos The Poppers; Sean Riley & The Slowriders; da Galiza os Quempallou e depois os La Chiva Gantiva da Colômbia, pelas 18h00: às 19h00 é a vez de Terrakota; depois Mayra Andrade e os Expensive Soul & Jaguar Band. Pelas 22h00 é a vez dos Clã, seguidos dos reunidos Trovante, que encerram assim este segundo dia.

No terceiro e último dia a música começa pelas 14h30 no Auditório 1.º de Maio, com os Pé na Terra; seguidos de Júlio Resende c/ Matt Penman e Perico Sambeat, às 16h30 é a vez dos alentejanos Virgem Suta (com Manuela Azevedo), que depois dão a vez ao fado com Marco Rodrigues; Luísa Rocha e às 21h30 Camané.

No palco 25 de Abril os concertos estão marcados para começar às 14h00 com os The Happy Mothers; seguidos dos The Underdogs e dos X-Wife, pelas 16h00, e 4uatro ao Sul com convidados. Para as 19h00 estão marcados os Che Sudaka, que vêem da Arentina, Colômbia e Catalunha, seguidos da banda sucesso do momento, Amor Electro; a encerrar a festa, tal como em tantas edições passadas, os gigantes do rock português Xutos & Pontapés, com Zé Pedro, Tim, Kalú, João Cabeleira e Gui em cima do palco.

Completam a programação cultural da festa do Avante, promovida pelo Partido Comunista Português, representações de teatro no palco do Avanteatro, pelas companhias de Teatro de Almada, A Barraca, Lua Cheia, ESTE, Teatro Ferro e da Companhia de Dança de Almada; uma exposição de ciências dedicada à química, este ano sob o tema “Na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma; Com a luta tudo se transforma!”; a XVIII Bienal de Artes Plásticas à qual concorreram cerca de 100 artistas. Um espaço dedicado à ilustração com o projecto de arte e literacia denominado “EVA”, de autoria de Margarida Botelho e uma exposição dedicada à obra de Cipriano Dourado.

O cinema português também marca presença no CineAvante, com a exibição de vários documentários, curtas e longas-metragens, filmes de ficção e animação entre os quais Viagem a Portugal, a Cidade dos Mortos, de Sérgio Trefaut, José e Pilar de Miguel Gonçalves Mendes e Quem vai à Guerra, de Marta Pessoa.

Na habitual “Festa do Livro” o destaque vai para os lançamentos das edições No percurso de Guerras Coloniais (1961-1969), de Mário Moutinho de Pádua, 12 fugas das prisões de Salazar, livro coligido e anotado por Jaime Serra e o volume Portugal a Produzir”.

As entradas para a festa (EPs) custam até dia 1 de Setembro 20 euros e nos dias da festa 30 euros.

Por Elsa Furtado
Foto de Xutos & Pontapés de Sara Santos

Deixar uma resposta