Vista Alegre Atlantis reabre flagship store do Largo do Chiado

A Vista Alegre Atlantis reabriu a sua centenária loja no Largo do Chiado após uma surpreendente remodelação que transformou a flagship store da marca de porcelanas portuguesa, em Lisboa, num espaço acolhedor e único, em que a história, tradição e património andam de mãos dadas com o design e a inovação.

Na reabertura desta loja-bandeira da marca, a VAA lançou a nona peça do Projecto Artistas Contemporâneos, “sem flores”, da autoria da conceituada artista plástica Armanda Passos, e a colecção “Tea With Alice”, concebida por Teresa Lima a convite da Ilustrarte, um projecto que assinala a efeméride dos 150 anos sobre a primeira publicação do livro de Lewis Carrol.

Durante todo o dia da inauguração, uma pintora da fábrica da Vista Alegre em Ílhavo ofereceu a turistas e transeuntes um espectáculo diferente, executando uma montra viva, ao pintar ao numa das montras da loja do Chiado, uma das peças mais apreciadas da mestria da arte em porcelana do portefólio da VAA: as suas aves. Estas peças foram celebrizadas com um toque de modernidade e contemporaneidade na recém-lançada colecção da Vista Alegre “La Dame aux Oiseau”, da autoria do designer Sam Baron, consultor criativo de várias marcas de renome internacional.

A loja do Chiado está classificada como “Bem Imóvel de Interesse Municipal” . No espaço exterior da loja mantém-se a fachada com pedras mármore ornamentais, o pavimento em mosaico romano, com elementos decorativos e ornamentais na sala de entrada, os expositores e elementos ornamentais em talha preta, pertencentes à antiga loja de instrumentos musicais “Custódio Cardoso Pereira”, e as paredes e elementos estruturais primitivos de traça pombalina, que foram mantidos e revalorizados, sendo integrados no espaço da loja.

Texto de Clara Inácio

Deixar uma resposta