Venha aprender como se faz um vinho no Enoturismo do Esporão

Reportagem de Elsa Furtado (texto) e FM (fotos)

Com a chegada das vindimas sugerimos uma visita até ao Enoturismo da Herdade do Esporão,  na região de Reguengos de Monsaraz e que foi recentemente remodelado, sendo atualmente uma das propriedades produtoras de vinhos e azeites do alentejo mais bem preparadas para receber os visitantes.

Mal entramos na propriedade deslubramo-nos com 600 hectares de vinha composta por 188 castas de uva, e 90 hectares de olival, só depois de andarmos vários quilómetros dentro da propriedade é que chegamos ao centro de visitantes, onde nos aguarda um moderno edifício, harmoniosamente integrado na paisagem e com uma vista de perder o fôlego.

A visita guiada começa pela adega, onde se produz do princípio ao fim (inclusive o engarrafamento e a rotulagem) o famoso vinho e azeite do Esporão. Vimos tanques, cubas em inox, tonéis e uma impressionante adega de barricas de carvalho francês, e a garrafeira das preciosidades, depois passamos por um dos três novos jardins que ligam as vinhas, a adega e o novo edifício, onde também está instalado o restaurante.

Um espaço moderno, leve, em que as peças de design à base de madeira e cortiça, da autoria de designers e arquitetos portugueses predominam, recebe-nos animadamente. Nas paredes, pinturas com motivos inspirados na cultura alentejana marcam presença.

A chefia da cozinha está entregue ao jovem  Miguel Vaz, a gastronomia alentejana é rainha e os ingredientes vindos da horta da herdade são o segredo do sucesso. A refeição começa com uma prova de azeites e vinhos da casa, como não podia deixar de ser. Com o calor, sugerimos o novo Defesa rosé, a acompanhar os poucos mas deliciosos pratos da carne, todos com o cunho pessoal do talentoso chefe.

Depois vá até ao wine bar e à loja, onde é possível adquirir vinhos, vinagres, azeites, sabonetes e utensílios de madeira de oliveira.

Termine a visita no núcleo histórico da herdade, datado dos séculos XV e XVI, nomeadamente a famosa Torre do Esporão, a Capela de Nossa Senhora dos Remédios, (ambos classificados como Imóveis de Interesse Público) e Arco do Esporão. A ermida, de arquitectura religiosa medieval, foi recentemente restaurada tornando possível dar a conhecer os magníficos frescos da sua capela-mor.

Durante o período de escavações, os visitantes poderão também conhecer o Complexo Arqueológico do Povoados dos Perdigões, povoação pré-histórica situada a 5 Km da Herdade do Esporão, que o Esporão tem promovido desde que foram descobertos os primeiros vestígios de presença humana, em 1995, no resto do ano, veja os artefactos provenientes das escavações no museu instalado na Torre do Esporão.

O programa do enoturismo inclui ainda diversos passeios pela Herdade (a pé, de bicicleta ou de jipe), tornando agora possível a observação da fauna e flora da Herdade, passeios e, também e piqueniques na vinha.

As visitas estão agendadas para as 12h00, 15h30 e 17h00, e custam no mínimo 6 euros por pessoa, com prova de dois vinhos no final. O wine bar funciona das 10h00 às 18h00 e o restaurante A Galeria do Esporão das 12h30 às 15h30.

Deixar uma resposta