A Última Viúva De África De Carlos Vale Ferraz Já Está Nas Livrarias

De Carlos Vale Ferraz, pseudónimo literário de Carlos Manuel Serpa de Matos Gomes, autor dedicado à investigação militar e à guerra colonial, chega-nos agora A Última Viúva de África, com chancela Porto Editora.

A partir da história real de uma mulher portuguesa que não quis abandonar a sua nova pátria, o livro transporta-nos para as origens das lutas pela independência nas colónias africanas, no Congo, e a partir daí para os seus reflexos em Angola e Moçambique.

Alice Oliveira, nascida e criada no Minho, num meio pobre e sem outros horizontes a não ser o casamento com algum camponês borrachão e a criação de uma enorme e desgraçada prole, ou o trabalho duro nas fábricas locais, cedo tomou as rédeas do seu destino. Nos anos cinquenta do século passado terá emigrado para o continente africano, pertencendo ao reduzido número de portugueses que permaneceu na antiga colónia belga do Congo após a independência. Conhecida nesses tempos por Madame X pelas autoridades portuguesas, para quem trabalhava como informadora, e por Kisimbi, a «mãe», pelos mercenários que combatiam em prol da secessão do Catanga, ela permanece uma figura misteriosa, que ganha contornos bem definidos neste romance, “A Última Viúva de África”, onde se recria o percurso de vida, os motivos, os encontros e desencontros e a rede de contactos que fizeram dela a amante frustrada do continente africano, a viúva branca de um paraíso perdido com a descolonização.

O livro, de 200 páginas, já está à venda nas livrarias e outros locais habituais, por 16,60 euros.

A sessão de apresentação do livro, vai estar a cargo de Pedro Pezarat Correia, e vai ter lugar no dia 27 de setembro, pelas 18h30, na Fnac do Chiado.

Deixar uma resposta