Trindade leva à cena Otelo de Shakespeare

Otelo de William Shakespeare, é a nova peça que o Teatro da Trindade –  Fundação Inatel, leva à cena até 27 de Fevereiro, numa produção do Teatro do Bolhão, com encenação de Kunicki Ida.

Numa encenação contemporânea e cosmopolita, com um brilhante enquadramento cénico (de Cristóvão Neto), com guarda – roupa (de Cristina Costa), Kunicki Ida consegue transportar-nos no tempo até ao reinado dos Dodges de Veneza, na multiplicidade de teias de intrigas e mesquinhices em que se vê enredado Otelo, o Mouro e a sua bela amada, Desdémona, a virtuosa veneziana que enfrentou a vontade paterna por amor.

Iago é o maquiavélico conselheiro de Otelo que urde a sua teia em redor de Otelo, conseguindo implantar-lhe o bichinho da dúvida, do monstro de olhos verdes – o ciúme e da desconfiança.  São tratados temas intemporais como o preconceito racial, religioso, do que é e do que parece ser.

A interpretação está a cargo de António Capelo, Rita Lello, João Paulo Costa, António Júlio, Rodrigo Santos, Ângela Marques, José Pinto, Rute Miranda, Jorge Loureiro, Éloy Monteiro, Pedro Fiúza e José Moreira. A Produção é de Pedro Aparício, Glória Cheio e Gabriela Poças. A iluminação é de José Carlos Gomes.

As sessões são de quarta a sábado, às 21h00 e domingos às 16h00.

Por Clara Inácio
Fotos gentilmente cedidas pelo Gabinete de Comunicação do Teatro da Trindade

Deixar uma resposta