Trabalhos de Jorge Molder em exposição simultânea nos Museus do Chiado e Eletricidade

molder2A Fundação EDP e o Museu Nacional de Arte Contemporânea – Museu do Chiado apresentam ao público a exposição antológica de Jorge Molder Rei Capitão  Soldado  Ladrão.

Esta mostra, que pode ser vista até 23 de fevereiro de 23014,  reúne cerca 50 imagens fotográficas (seleccionadas das mais significativas séries das décadas de 1990 à actualidade), algumas projecções fixas e um diaporama construindo no seu conjunto uma nova narrativa de imagens que nos permite redescobrir a obra do artista e novos caminhos para a sua interpretação.

Para além do Museu do Chiado, também o Museu da Eletricidade recebe a partir do dia 5 de dezembro e também até ao dia 23 de fevereiro, A Escala de Mohs, onde são expostos os trabalhos mais recentes de Jorge Molder, “onde a dimensão trágica do Ser e do seu Duplo, que caracteriza todo o seu trabalho, se revela em toda a sua extensão”.

Estas exposições, comissariadas por João Pinharanda, resultam da atribuição a Jorge Molder do Grande Prémio Fundação EDP / Arte 2010, uma iniciativa trienal que distingue artistas portugueses com carreira historicamente relevante, desenvolvida em Portugal ou no estrangeiro, e o mais significativo prémio atribuído em Portugal na área das artes visuais.

Texto de Susana Sena Lopes

Deixar uma resposta