Temas & Debates edita 1961 o ano horrível de Salazar de António Luís Marinho

A Temas & Debates e o Círculo de Leitores lançaram a semana passada o livro 1961 o ano horrível de Salazar, da autoria do Jornalista António Luís Marinho, numa sessão que contou com a apresentação do veterano e também jornalista e escritor Baptista Bastos.

1961 o ano horrível de Salazar é uma crónica com base nas notícias da televisão e dos jornais, com extensa documentação, sistematizada, mensalmente, sobre os dramáticos acontecimentos que atormentaram Salazar e abalaram o regime do Estado Novo.

Um longo e intenso “ano maldito”, em que começa a Guerra do Ultramar em Angola, a Índia ocupa  Goa, Damão e Diu, dá-se a tentativa de golpe de Estado de Botelho Moniz, os desvios do paquete Santa Maria e de um avião da TAP e, no último dia do ano, o “golpe de Beja”.

No entanto, os portugueses vivem o seu dia-a-dia, com a alegria da primeira conquista da Taça dos Clubes Campeões Europeus pelo Benfica, ritmos frenéticos do rock e do twist agitam a juventude e o forte crescimento económico (média de 6,9 % do PIB entre 1960 e 1973), com melhorias salariais significativas, vai trazer o acesso a bens de consumo, inicia-se o jogo do Totobola, descobre-se as férias e o turismo, por outro lado, inaugura-se o primeiro supermercado, o primeiro lanço da auto-estrada do Norte e a Siderurgia Nacional.

As imagens de primeiras páginas dos jornais e revistas da época, dos anúncios publicitários e dos textos de redacção do telejornal transportam-nos para o Portugal de há 50 anos.

António Luís Marinho dos Santos (nasceu em Lisboa em 1954) é  jornalista profissional desde 1981, tendo trabalhado nas agências de informação NP e LUSA, nos jornais e revistas Expresso, Visão e Diário Económico, nas rádio Renascença, TSF, CMR e Antena 1 e nas estações de televisão TVI, SIC e RTP, onde foi director de Informação, sendo, actualmente vogal do Conselho de Administração.

António Luís Marinho foi co-autor de O Século do Povo Português (7 volumes) e autor de Operação Mar Verde – Um Documento para a História, editado pelo Círculo de Leitores e pela Temas e Debates, bem como, co-autor, com Joana Pontes, da série de treze documentários televisivos Século XX português, emitida na SIC.

Por Rui de Albuquerque Inácio

Deixar uma resposta