TEC apresenta o Comboio da Madrugada com Eunice Muñoz

O Teatro Experimental de Cascais – TEC apresenta pela primeira vez em Portugal a peça de Tennessee Williams, O Comboio da Madrugada, com Eunice Munõz na protagonista, num regresso ao palco do TEC, quase quarenta anos após a estreia de As Criadas, de Jean Genet.

O Comboio da Madrugada estreou nos Estados Unidos em 1963 e conta a história do encontro entre a milionária excêntrica e decadente Flora Goforth, interpretada por Eunice Muñoz, uma antiga artista de variedades, e o jovem poeta Chris Flanders (Pedro Caeiro), apelidado de “Anjo da Morte”, que tem por hábito visitar velhas senhoras nos últimos momentos das suas vidas.

A encenação é de Carlos Avilez, e conta com a interpretação  de Anna Paula, Pedro Caeiro e Lídia Muñoz.

A estreia está marcada para sexta-feira, 18 de Fevereiro, às 21h30, no Teatro Mirita Casimiro, em Cascais e é uma das peças que a companhia escolheu para comemorar o seu 45º aniversário.

Texto de Clara Inácio
Foto TEC

Deixar uma resposta