Teatro Maria Matos em Lisboa estreia amanhã a Africana

A companhia de teatro Cão Solteiro, em parceria com o artista plástico Vasco Araújo, apresenta o seu segundo projeto, A Africana que estreará no dia 5 de dezembro às 21h30 na Sala Principal do Teatro Maria Matos em Lisboa.

Neste espetáculo, tomam-se a música de L’Africaine de Meyerbeer e o libreto de Scribe, onde Vasco da Gama, navegador e descobridor, ambiciona um “país maravilhoso”. Partimos desta vontade para passar pelo inesgotável discurso da alteridade e do estrangeiro, pretextos para uma rescrita a pensar nas possibilidades de tais palavras nos tempos de hoje. Prossegue-se desta forma uma linha de trabalho que se centra no cruzamento da linguagem teatral com a linguagem musical e o canto.

A Africana tem adaptação, música original e direção de Nicholas McNair, figurinos de Mariana Sá Nogueira, contando com a interpretação de Bernardo Rocha, Luís Magalhães, Noëlle Georg, Patrícia da Silva, Paula Sá Nogueira e Paulo Lages. Terá também a participação dos solistas Marina Pacheco, Sónia Alcobaça e Vasco Araújo e do coro da Gulbenkian assim como do ensemble do estúdio de ópera da ESML.

Este espetáculo é também coproduzido pela Fundação Calouste Gulbenkian e estará em cena nos dias 5, 7, 12 e 14 de dezembro às 21h30, e nos domingos 9 e 16 de dezembro às 18h00. Os bilhetes têm o preço de 15 euros existindo alguns descontos que podem ser consultados no site do teatro.

 

Texto de Joana Resende

Deixar uma resposta