Teatro Maria Matos em Lisboa estreia amanhã a Africana

A companhia de teatro Cão Solteiro, em parceria com o artista plástico Vasco Araújo, apresenta o seu segundo projeto, A Africana que estreará no dia 5 de dezembro às 21h30 na Sala Principal do Teatro Maria Matos em Lisboa.

Neste espetáculo, tomam-se a música de L’Africaine de Meyerbeer e o libreto de Scribe, onde Vasco da Gama, navegador e descobridor, ambiciona um “país maravilhoso”. Partimos desta vontade para passar pelo inesgotável discurso da alteridade e do estrangeiro, pretextos para uma rescrita a pensar nas possibilidades de tais palavras nos tempos de hoje. Prossegue-se desta forma uma linha de trabalho que se centra no cruzamento da linguagem teatral com a linguagem musical e o canto.

A Africana tem adaptação, música original e direção de Nicholas McNair, figurinos de Mariana Sá Nogueira, contando com a interpretação de Bernardo Rocha, Luís Magalhães, Noëlle Georg, Patrícia da Silva, Paula Sá Nogueira e Paulo Lages. Terá também a participação dos solistas Marina Pacheco, Sónia Alcobaça e Vasco Araújo e do coro da Gulbenkian assim como do ensemble do estúdio de ópera da ESML.

Este espetáculo é também coproduzido pela Fundação Calouste Gulbenkian e estará em cena nos dias 5, 7, 12 e 14 de dezembro às 21h30, e nos domingos 9 e 16 de dezembro às 18h00. Os bilhetes têm o preço de 15 euros existindo alguns descontos que podem ser consultados no site do teatro.

 

Texto de Joana Resende

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.