Teatro Maria Matos abre a nova temporada com Um Dia Cheio de Histórias

A nova temporada do Teatro Maria Matos vai dedicar o dia 16 de setembro às crianças, com o Dia Cheio de Histórias; as crianças vão poder contar com histórias contadas, dança, música e muita animação na Sala Principal, na Sala de Ensaios e no Jardim das Estacas que circunda o teatro.

Quanto à temática da música, o Teatro Maria Matos abre a temporada com Beak, Geoff Barrow da banda Portishead já no dia 14 de setembro às 22h00 na Sala Principal.

Como habitualmente o Teatro Maria Matos dá primazia à colaboração e parceria com outras companhias, teatros e institutos. Desta forma, dará continuidade ao ciclo teatro / música em parceria com a Gulbenkian Música e a colaboração com as associações Granular, Zé dos Bois e Filho Único.

De destacar a ópera A Africana de Giacomo Meyerbeer produzido pela companhia de teatro Cão Solteiro em parceria com o artista plástico Vasco Araújo e que vai estar em exibição na Sala Principal no mês de dezembro; a peça de teatro Les Pendus de Het Muziek LOD/Josse De Pauw & Jan Kuijken estará em cena no dia 7 de junho de 2013 na Fundação Calouste Gulbenkian. Poder-se-á também contar com a celebração dos cem anos do nascimento de John Cage com a interpretação de peças deste por Ricardo Jacinto, Carlos Zíngaro, Joana Gama, Nuno Rebelo, Joana Sá e Paulo Raposo.

O Goethe-Institut Lisboa irá co-apresentar o espetáculo de dança Ich Sah: Das Lamm Auf Dem Berg Zion, Offb. 14,1 de VA Wolfl/Neuer Tanz, no âmbito do Festival Temps D’Images nos dias 26 e 27 de outubro na Sala Principal.

De realçar a parceria com a Culturgest que vai trazer este ano dois espetáculos do coletivo belga tg STAN, Le Chemin Solitaire em janeiro de 2013 e Les Estivants em fevereiro de 2013. O espaço Alkantara também irá co-apresentar dois espetáculos dos brasileiros Foguetes Maravilha já no mês de setembro: Ninguém Falou Que Seria Fácil, de dia 20 a 22 na Sala Principal, e 2 histórias/Ele precisa de começar nos dias 25 e 26 no espaço alkantara.

A Rede 5 Sentidos vai continuar ativa juntando os cinco teatros de cinco cidades portuguesas com o objetivo de dinamizar e apoiar a digressão e a produção da cultura em Portugal; são eles o Centro Cultural Vila Flor em Guimarães, o Teatro Maria Matos em Lisboa, o Teatro Viriato em Viseu , o Teatro Virgínia em Torres Novas e o Teatro Municipal da Guarda na cidade da Guarda.

Esta temporada o Teatro Maria Matos irá apresentar em coorganização com o alkantara, a Culturgest e o Teatro São Luiz, o seminário de formação para críticos de artes performativas, o Mais Crítica de setembro de 2012 a julho de 2013. De salientar que o Teatro Maria Matos continuará a coproduzir os festivais Temps D’Images a decorrer em novembro de 2012, FIMFA em maio de 2013 e o Festival Internacional de Teatro de Almada em julho de 2013.

Texto de Joana Resende
Foto de Vânia Marecos

Deixar uma resposta