Teatro da Trindade leva a cena comédia «Fala da criada dos Noailles»

Fala da criada dos Noailles, de Jorge Silva Melo é a peça escolhida pelo Teatro da Trindade, em Lisboa, para subir à cena da Sala Principal, de 6 a 29 de Janeiro de 2011.

Sob o título Fala da criada dos Noailles que no fim de contas vamos descobrir chamar-se também Séverine numa noite do Inverno de 1975 em Hyères, a comédia é inspirada livremente nos filmes O Meu Último Suspiro de Buñuel e nas botinas de Diário de Uma Criada de Quarto.

A acção principal decorre na década de 70, no palacete de Hyères, onde vive o Conde de Noailles, no centro da acção está uma criada, que revive os bailes e a altura de riqueza do período de rodagem do filme L`Age D´Or de Luis Buñuel, que vem visitar o castelo, fazendo surgir várias lembranças.

A peça conta com a presença de Elsa Galvão, Vânia Rodrigues, João Miguel Rodrigues, Pedro Mendes, António Simão, Diogo Garcia, Pedro Carraca, entre muitos outros. A encenação é da responsabilidade de Jorge Silva Melo e é uma co-produção dos Artistas Unidos.

Os espectáculos estão marcados de quarta a sábado às 21h00, e domingo às 16h00, com uma sessão extra às 16h00 no sábado dia 29.

Mais informações em www.teatrotrindade.inatel.pt.

Texto de Elsa Furtado

Foto do Teatro da Trindade

Deixar uma resposta