Teatro da Trindade estreia Do Alto da Ponte de Arthur Miller

O Teatro da Trindade estreia amanhã, pelas 21h00 a peça Do Alto da Ponte, de Arthur Miller, numa encenação de Gonçalo Amorim.

A acção desenrola-se nos anos cinquenta,em Red Hook, Brooklyn, um bairro nova-iorquino,habitado por uma comunidade italiana, onde as normas de conduta residem na masculinidade, honra e palavra. McCarthy está no poder e vive-se um clima de denúncias, suspeições e de uma verdadeira caça às bruxas. Alfieri é um advogado respeitado, relata a história do estivador Eddie Carbone e da sua família: Beatrice e Catherine, mulher e enteada, querida como uma filha, e os dois primos italianos, que chegam com violência e abalam a vida desta família. É a história de Eddie Carbone vista “do alto da ponte” por Alfieri. Mas é também a história da inquietação de Alfieri, que confrontado com uma realidade em plena e bruta mutação cede à inquietação revolucionária. Uma peça, hoje, mais atual que nunca, altura em que com muita inquietação  se ouvem as notícias que chegam de Atenas, de Paris, de Reiquiavique, da Praça Tahir e do Norte de África, do Médio Oriente, de Madrid, de Londres, Birmingham, Liverpool, Manchester, Bristol… dos motins no Reino Unido, a primavera árabe, a crise da dívida, a emigração das populações mais jovens e qualificadas da Europa do Sul, o estrangulamento financeiro da população trabalhadora, manifestações globais…

O elenco é composto pelos atores Aquiles Dias, João Villas-Boas, Jorge Mota, Maria João Pinho, Mónica Garnel, Paulo Moura Lopes e Pedro Pernas. Numa produção do Teatro da Trindade/Fundação INATEL, Teatro Experimental do Porto e Município de Gaia.

Esta peça já foi levada a cena em dezembro de 1960, pela Companhia Rey Colaço-Robles Monteiro, no Teatro Nacional D. Maria II, com Amélia Rey Colaço (Betty), Mariana Rey Monteiro (Kathy), Raúl de Carvalho (Eddie), Paiva Raposo (Marco), José de Castro (Rodolpho) e Varela Silva como Alfieri. Era a versão de um acto, a primeira versão da história. A agora encenada é a segunda versão, em dois actos.

Do Alto da Ponte vai estar em cena na Sala Principal do Teatro da Trindade, de 4 a 27 de novembro, de quinta a sábado, às 21h00 e domingos às 16h00. O preço dos bilhetes varia entre os 8 e os 14 euros.

Texto de Clara Inácio Fotos de Sara Santos
 

Deixar uma resposta