Teatro da Politécnica em Lisboa apresenta duas novas peças em janeiro

Palácio do Fim e A 20 de Novembro são as duas novas peças que vão estrear no dia 9 de janeiro, no Teatro da Politécnica em Lisboa.

Palácio do Fim é da dramaturga canadiana Judith Thompson, conhecida pelas suas “peças pesadelo” e tem encenação de Pedro Carraca; conta com a interpretação de Ana Lázaro, Maria José Paschoal e António Filipe e tem cenografia e figurinos de Rita Lopes Alves.

Esta peça de teatro é um monólogo e centra-se em Nehrjas Al Saffarh, uma ativista política iraquiana que descreve como ela e os filhos foram brutalmente torturados durante o regime de Saddam.

A 20 de Novembro é de Lars Norén, conta com a interpretação de João Pedro Mamede e tem direção e tradução de Francis Seleck. A produção é da Cena Múltipla e da Associação Cultural O Mundo do Espectáculo, com o apoio da Câmara Municipal de Almada.

Também um monólogo, o dramaturgo e romancista sueco Lars Norén baseou-se no diário íntimo de Sebastian Bosse, publicado na net, para escrever um texto intenso e frio sobre o que aconteceu no dia 20 de novembro de 2006, em que Sebastian Bosse atirou sobre alunos e professores do seu antigo liceu antes de se suicidar.

As peças são aconselhadas para maiores de dezasseis anos. A primeira estará em cena até ao dia 23 de fevereiro, às terças e quartas às 19h00, quintas e sextas às 21h00 e sábados com duas sessões, às 16h00 e às 21h00 (não haverá sessão nos dias 12 e 13 de fevereiro). A segunda estará em cena até ao dia 19 de janeiro com sessões às quartas às 21h00 e de quinta a sábado às 19h00. O preço do bilhete normal é de 10 euros sendo de 5 euros nos dias do espetador que são às terças e quartas-feiras.

Texto de Joana Resende

Deixar uma resposta