TASCHEN publica Pinxit de Mark Ryden

pinxitDa editora TASCHEN chega-nos Pinxit de Mark Ryden. Pinxit, que em latim significa pintado por,  é uma coletânea dos temas de maior sucesso do artista americano influenciado pela arte fantástica, pelo surrealismo e mesmo por trabalhos renascentistas, que apresenta “coelhos, raparigas de olhos enormes, carne, magia e mistério”.

A sua arte é claramente caracterizada por uma releitura do absurdo presente nas suas obras. O Pop surrealismo, um novo género criado pelo autor, foi o que distinguiu e notabilizou o autor nos anos noventa. O simbolismo que este género artístico representa encontra-se também patente na obra deste autor.

Ryden varia de um vocabulário enigmático para a beleza, trilhando uma linha ténue entre o arquétipo do clichê e o perturbador nostálgico. Seduzido pelas suas superfícies infinitamente detalhadas e meticulosamente envidraçadas, o espetador é confrontado com a justaposição da inocência da infância e os recessos misteriosos da alma.”

Esta retrospetiva aglomera praticamente duas décadas do trabalho de Mark Ryden, pinturas e ilustrações, “alargando os horizontes do seu universo sobrenatural e trazendo-o para o mundo, uma página de cada vez.”.

Esta obra encontra-se agora publicada por uma edição especial e limitada da TASCHEN, com 360 páginas (capa dura) e à venda por 49,99 euros.

Texto de Sandra Dias

 

Deixar uma resposta