Sugestões de Natal C&H: Neste Natal ofereça livros – I

Para os fãs da leitura o C&H deixa-lhe aqui algumas sugestões entre alguns dos lançamentos editoriais de 2012.

Começamos com o último romance de José Rodrigues dos Santos – A Mão do Diabo, cujo tema é a crise que se vive a nivel mundial.

A Mão de Diabo é o décimo romance de José Rodrigues dos Santos, autor da Gradiva que já vendeu mais de um milhão de exemplares e está publicado em dezoito línguas.

A crise atingiu Tomás Noronha. Devido às medidas de austeridade, o historiador é despedido da faculdade e tem de se candidatar ao subsídio de desemprego. À porta do centro de emprego, Tomás é interpelado por um velho amigo do liceu perseguido por desconhecidos.

O fugitivo escondeu um DVD escaldante que compromete os responsáveis pela crise, mas para o encontrar Tomás terá de decifrar um criptograma enigmático.

O Tribunal Penal Internacional instaurou um processo aos autores da crise por crimes contra a humanidade. Para que este processo seja bem-sucedido, e apesar da perseguição implacável montada por um bando de assassinos, é imperativo que Tomás decifre o criptograma e localize o DVD com o mais perigoso segredo do mundo.

Numa aventura vertiginosa que nos transporta ao coração mais tenebroso da alta política e finança, José Rodrigues dos Santos volta a impor-se como o grande mestre do mistério. Além de ser um romance de cortar o fôlego, A Mão do Diabo divulga informação verdadeira e revela-se um precioso guia para entender a crise, conhecer os seus autores e compreender o que nos reserva o futuro.

A segunda sugestão vai para  o “endiabrado” Mário Zambujal –  Cafuné centra-se na figura de Rodrigo Favinhas Mendes, um bom malandro que não resiste aos encantos femininos e que se torna amigo de um ex-frade, Frei Urbino de Santiago, que acaba por ser o seu conselheiro e zelador espiritual. É que Rodrigo tem um coração gigante onde cabem muitas mulheres bonitas, dispostas a um carinho que ele é incapaz de recusar…

 Cafuné, de Mário Zambujal, uma edição Clube do Autor, com 244 páginas, à venda por 15,50 euros.

D. Estefânia – Um Trágico Amor  da autoria de Sara Rodi, editado pela Esfera dos Livros. D. Estefânia não é das rainha portuguesas mais conhecidas, não viveu entre nós muito tempo, nem deixou grande obra, mas durante os poucos anos em que foi rainha de Portugal, não deixou indiferente nenhuma das pessoas que viviam à sua volta pelas suas acções, bondade e espírito humanitário.

Foi no seguimento desse espírito que Estefânia abdicou do seu dote de casamento a favor da construção de um hospital infantil, numa altura em que não havia hospitais, nem condições sanitárias e o progresso (como se falava então) era algo que só existia lá fora e que não tinha data para chegar ao nosso pequeno e humilde Portugal.

D. Estefânia viveu entre nós durante 14 meses, foi rainha amada dos portugueses e esposa extremosa do jovem rei  D. Pedro V, também ele muito amado pelo seu povo, mas a sua forma de ser, a preocupação com os outros e a falta de condições de saúde da época, fizeram com que ela não vivesse muito tempo e partisse antes de ver o seu sonho concretizado.

Um sonho que D. Pedro fez questão de realizar e inaugurado por D. Luís I (após a morte do seu irmão), e que preserva a memória da rainha até aos dias de hoje, uma memória agora reavivada com o lançamento deD. Estefânia – Um Trágico Amor, de Sara Rodi, recentemente editado pela Esfera dos Livros.

Da Bertrand, Retrato de Uma Espia, de Daniel Silva, volta a ter como protagonista Gabriel Allon, que volta a embrenhar-se no universo da espionagem internacional, do novo terrorismo islâmico ao mundo das Artes e Leilões.

Numa viagem que nos leva de Inglaterra a Paris, Zurique, Dubai, Emirados Árabes Unidos e Estados Unidos, numa vertiginosa e empolgante corrida contra o tempo.

Retrato de Uma Espia, de Daniel Silva, Bertrand Editora, com 432 páginas, à venda por 17,70 euros.

Da ASA, O Aroma das Especiarias de Joanne Harris, recupera Vianne Rocher, que recebe uma estranha carta. A mão do destino parece estar a empurrá-la de volta a Lansquenet-sur-Tannes, a aldeia de Chocolate, onde decidira nunca mais voltar. Passaram já 8 anos mas as memórias da sua mágica chocolataria La Céleste Praline são ainda intensas.

A viver tranquilamente em Paris com o seu grande amor, Roux, e as duas filhas, Vianne quebra a promessa que fizera a si própria e decide visitar a aldeia no Sul de França. À primeira vista, tudo parece igual. As ruas de calçada, as pequenas lojas e casinhas pitorescas… Mas Vianne pressente que algo se agita por detrás daquela aparente serenidade.

O ar está impregnado dos aromas exóticos das especiarias e do chá de menta. Mulheres vestidas de negro passam fugazes nas vielas. Os ventos do Ramadão trouxeram consigo uma comunidade muçulmana e, com ela, a tão temida mudança. Mas é com a chegada de uma misteriosa mulher, velada e acompanhada pela filha, que as tensões no seio da pequena comunidade aumentam.   E Vianne percebe que a sua estadia não vai ser tão curta quanto pensava. A sua magia é mais necessária do que nunca!

O Aroma das Especiarias, de Joanne Harris, ASA, à venda por 17,50 euros.

Da Planeta o destaque vai para O Anjo Perdido, de Javier Sierra, Planeta, um thriller que combina história, ciência e mitologia.

Enquanto trabalha na restauração do Pórtico da Glória de Santiago de Compostela, Julia Álvarez recebe uma notícia devastadora: o marido foi sequestrado numa região montanhosa do Nordeste da Turquia.

Sem o desejar, Julia vê-se envolvida numa intriga ambiciosa à escala mundial, para controlar duas pedras antigas, que aparentemente permitem o contacto com entidades sobrenaturais, desde uma misteriosa seita oriental até ao presidente dos Estados Unidos.

De Carlos Ruiz Zafón, O Prisioneiro do Céu, terceiro livro da série O Cemitério dos Livros Esquecidos.

A estória tem um início arrebatador: no ano de 1957 em Barcelona, um estranho entra na livraria dos Sempere e semeia a ansiedade no coração de Daniel ameaçando revelar um terrível segredo, enterrado há duas  décadas na obscura memória da cidade.

Daniel terá de descobrir, pela mão do seu amigo Fermín Romero Torres, um passado que nunca suspeitava. Ao conhecer a verdade, Daniel vai concluir que o seu destino o arrasta inexoravelmente a confrontar-se com a maior das sombras: a que está  a crescer dentro de si.

E para terminar esta leva, da editora Contraponto A Estranha Viagem do Senhor Daldry,  de Marc Levy. A história desenrola-se à volta de Alice, uma criadora de perfumes que num passeio numa feira consulta uma vidente “Há duas vidas em ti, Alice. A vida que tu conheces e uma outra que te espera há muito tempo. Estas duas existências não têm nada em comum. O homem de que te falei ontem encontra-se em algum lugar dessa outra vida, e nunca estará presente na vida que levas atualmente. Terás de encontrar seis pessoas antes de chegar até ele. Partir ao encontro dele obrigar-te-á a fazer uma longa viagem. Viagem durante a qual descobrirás que nada daquilo em que acreditavas é verdadeiro.” Alice resolve partir nesta aventura com o seu amigo Daldry.

Por C&H

Deixar uma resposta