Sugestões de leitura com a chancela da Bertrand Editora

A Solidão dos Números Primos – Paolo Giordanosolidao_num_primos

Os números primos apenas são divisíveis por 1 e pelo próprio número. Estão no lugar que lhes é próprio na infinita série dos números naturais, esmagados como todos entre dois, mas um passo mais além relativamente aos outros.

Mattia achava que ele e Alice eram assim, dois primos gémeos, sós e perdidos, próximos mas não o suficiente para se tocarem realmente. A ela nunca lho disse.

Alice era uma jovem miúda quando tem um acidente de ski, que a torna deficiente para toda a vida. Mas não foi apenas a perna que ela perdeu naquele acidente.

Mattia era um jovem sobredotado, com uma irmã gémea deficiente. Na primeira vez que Mattia é convidado para uma festa, pede-lhe para esperar por ele num jardim junto ao rio,  enquanto ele vai sozinho à festa. Nunca mais a verá. Mais não foi apenas a irmã que ele perdeu.

As duas crianças quebradas conhecem-se e tornam-se o mais improváveis amigos. Duas crianças singulares, dois jovens solitários, dois adultos separados… dois números primos gémeos, infimamente próximos, no entanto, eternamente afastados.

Paolo Giordano estreia-se brilhantemente com uma história tão comovente como provocante e perturbadora, lançado em Portugal pela mão da Bertrand Editora.

messias_arianoO Messias Ariano – Mário Escobar

Madrid, Verão de 1914. Vários professores automutilaram-se na Biblioteca Nacional e dois agentes, Hércules Guzmán Fox e George Lincoln, têm de descobrir a razão por que o fizeram. Tudo parece estar relacionado com um enigmático livro trazido para a Europa por Vasco da Gama na sua primeira viagem à Índia. Hércules e George acabarão por empreender uma vertiginosa jornada que os levará de uma explicação para outra, decifrando mensagens ocultas durante séculos. Um quebra-cabeças que deverão resolver antes que a Europa entre em guerra e que as profecias se cumpram.

Mário Escobar é licenciado em História e diplomado em História Moderna, neste livro prende-nos com uma fantástica viagem no tempo, ao início da Primeira Guerra Mundial. Num misto de história e ficção, os agentes Hercules e George são levados numa busca de um livro misterioso por várias cidades da Europa, passando também por Lisboa, na esperança de conseguir resolver o enigma dos professores, cujos corpos se continuam a amontoar pelas bibliotecas.

Um livro não aconselhado aos espíritos mais sensíveis, com edição em Portugal da Bertrand Editora.

Deixar uma resposta