Sons e Sabores das 1001 Noites invadiram Centro Histórico de Faro

Reportagem de Paulo Sopa

Entre os dias 10 e 14 de julho, a zona histórica de Faro transformou-se nas arábias das 1001 noites, entre as 19h00 e a 1h00. Nos “Arabian Days” a cidade velha de Faro foi um autêntico palácio árabe do deserto onde foi possível interagir com camelos, assistir às inevitáveis e inebriantes demonstrações de dança do ventre, cuspidores de fogo e malabaristas.

Para os mais afoitos, era ainda possivel fazer tatuagens de henna e body painting; para os mais curiosos no que o futuro lhes reserva, ler o Tarot e a Sina; e para os amantes da mágica escrita de Ali Babá, um workshop de caligrafia árabe, entre muitas outras surpresas.

A cultura árabe e as suas tradições, o artesanato, a gastronomia e  a música, com inspiração em países como Marrocos, Tunísia, Egipto, Arábia Saudita, Qatar, entre outros, estiveram à disposição dos farenses e das muitas centenas de turistas que por lá passaram diariamente. No segundo dia do certame, dia 11 de julho, foi também “convidado de honra” o músico André Sardet. O concerto, intimista, decorreu em cima de um palco que era literalmente uma duna de sal com sete metros de diâmetro e 78 metros cúbicos de sal, tendo como pano de fundo a magnífica igreja da sé de um lado, e o seminário do outro; à sua volta, dezenas de tendas onde se podia comprar de tudo um pouco: chás, kebabs, doces árabes, chichas, roupas, bijuteria, especiarias, etc.

Da noite, fica a memória dos cheiros exóticos dos kebabs, incensos e sementes de girassol caramelizadas; do concerto, fica a memória de um grupo de músicos bem dispostos, a interagir com o público e a fazer fervilhar os corações femininos com as suas canções românticas como  “Adivinha o quanto gosto de ti”, “Quando eu te falei em amor” e “Foi feitiço”, entre outras, para além do mais recente single do artista “O amor mata”.

Um evento a repetir e a melhorar, tendo em conta que o preço de entrada de 5 euros parece excessivo nas noites em não há concertos ou outro tipo de atrações principais.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.