Sociedade Nacional de Belas Artes em Lisboa inaugura hoje duas exposições

Fachada do edifício_2A Sociedade Nacional de Belas Artes (SNBA), em Lisboa,  inaugura hoje duas exposições, inseridas nas celebrações do centenário da inauguração do seu edifício-sede na Rua Barata Salgueiro, em Lisboa.

A primeira exposição é sobre a história arquitetónica do edifício, desde a sua génese aos dias de hoje, homenageando também o seu autor, o Arquiteto Álvaro Machado (1874-1944). Será lançado um livro sobre o Centenário do Edifício da Sociedade Nacional de Belas Artes, mostrando a sua obra arquitetónica, que recentemente foi distinguido como Imóvel de Interesse Municipal pela Câmara Municipal de Lisboa.

O Projeto Sociedade é a segunda exposição, com inauguração agendada também para hoje, tratando-se de um programa pensado para o biénio 2013-2014 e que conta com a curadoria de Frederico Duarte e Nuno Faria.

Este projeto pretende cruzar a arte contemporânea com o design e a arquitectura, disciplinas desde sempre presentes na história da SNBA. Esta mostra inicia com a exposição Arquivo, que consiste na apresentação de um conjunto de documentos, registos e depoimentos que relembram, debatem e celebram mais de cem anos de história da Sociedade Nacional de Belas-Artes; e com a iniciativa Um século em 24 horas em que os curadores irão ter sessenta e quatro breves conversas de vinte minutos com alguns dos protagonistas da história da SNBA, e que decorrerá ao longo do primeiro fim-de-semana.

A exposição Arquivo estará patente na SNBA até ao dia 31 de julho.

Texto de Joana Resende

Deixar uma resposta