Sinde Filipe regressa aos palcos em As Mãos de Eurídice

Sinde FilipeAs Mãos de Eurídice marca o regresso de Sinde Filipe aos palcos, depois de 20 anos dedicado quase exclusivamente à televisão. A peça será apresentada no dia 30 de julho no Teatro Cinearte – A Barraca, integrando o programa Mais Cultura, iniciativa da Câmara Municipal de Lisboa e das juntas de freguesia que pretende aproximar a cultura dos bairros da cidade.

Estreada em 1950 no Pen Clube do Brasil, As Mãos de Eurídice tornou-se a peça mais representada da dramaturgia brasileira, tendo sido levada a cena em mais de 40 países, num total de cerca de 800 mil apresentações. Sinde Filipe é o primeiro ator português a aceitar o desafio deste monólogo escrito por Pedro Bloch, encarnando Gumercindo Tavares, um homem que deixou a família por Eurídice. Regressado dez anos depois, pobre e abandonado pela amante, dá por si numa casa vazia, decidindo vasculhar as gavetas para descobrir o que se passou na sua ausência.

As Mãos de Eurídice sobe ao palco do Teatro Cinearte – A Barraca, no dia 30 de julho, às 15h30. A entrada é livre, mas limitada à capacidade da sala.

Texto de Alexandra Gil

Deixar uma resposta