Serralves Em Festa – 15 anos A Celebrar A Arte Contemporânea

Por Rosa Margarida

Sob o mote “Transpor Fronteiras”, a 15ª edição do Serralves em Festa, a decorrer até às 22h00, do dia 3 de junho, oferece centenas de atividades, em vários espaços da Fundação Serralves e em alguns locais da cidade do Porto. O maior evento da Cultura Contemporânea em Portugal abriu portas ontem às 18h00 e preparou 50 horas non-stop de Festa, com entrada gratuita.

Ao sair do recinto da Fundação Serralves, vencido pelo cansaço de horas a calcorrear os diversos percursos disponíveis, é provável que o visitante se sinta mergulhado num antagónico sentimento de felicidade e tristeza. A desolação queda-se apenas na impossibilidade de poder assistir a todos os eventos que a vasta programação oferece. São centenas de atividades, desde a música à dança, passando pelo circo, fotografia, exposições e workshops, para públicos de todas as idades.

O guia do Serralves em Festa, disponibilizado à entrada, promete ser o fiel companheiro do mais incauto visitante: as atividades contínuas; a programação diária; onde comer e beber; o mapa e as diversas zonas dos Jardins.

O Museu acolhe, nestes três dias de festa, sete exposições; a Clareira das Azinheiras e o espaço Maria Nordman são os palcos das diversas oficinas propostas, desde “Fazer a Fita” à “Missão Possível”; seis diferentes visitas guiadas são oferecidas aos visitantes, com pontos de encontro e horários devidamente assinalados, desde visitas orientadas às esculturas, passando pelas visitas orientadas ao Parque ou visitas orientadas para famílias “Os Segredos e Lendas de Serralves”.

Depois de percorrer o Mercado em Festa ou a Feira do Livro e vagueando pelo Roseiral, a Clareira dos Teixos, a Alameda dos Castanheiros entre tantos outros espaços, o Prado, cenário do palco principal do evento, acolhe a fadiga do caminhante e convida-o a uma pausa, num verde a perder de vista, salpicado por mantas multicolores ou outro adereço que possa servir de repouso. Por lá passaram os 23 Skiddoo, Linn da Quebrada, Jlin, Hailu Mergia, Exit, João Barradas, entre outros nomes.

Nota para a visita do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no segundo dia do evento, pelas 20h00.

O último dia do Serralves em Festa apresenta um cartaz alucinante, com mais de meia centena de atividades. Rian Treanor & Nakul Krishnamurthy, Filastine & Nova, Orelha Negra e Mark Fell Feat. Olivia Salvadori são os nomes que inauguram o cartaz musical de domingo. Um dia preenchido com workshops de dança contemporânea, circo, teatro, concerto desenhado, performance deambulatória, leitura participativa e contadores de histórias, entre muitas outras atividades. Sursauts e Sur le Fil, às 20h00 e às 21h00, respetivamente, encerram o festival em matéria de dança contemporânea.

No que diz respeito à música, Os Goat (JP), pelas 20h00 e Áine O’Dwyer, na Sala de Madeira do Museu e a Banda Sinfónica Portuguesa dirigida por Sérgio Carolino, no Prado, pelas 2h00, fecham, com chave de ouro, esta 15ª edição do Serralves em Festa.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.