Sérgio Godinho atinge galardão de ouro com Mútuo Consentimento

O mais recente álbum de Sérgio Godinho, Mútuo Consentimento, atingiu o Galardão de Ouro e com ele o cantor foi esta semana um dos nomeados, na categoria de música, para Melhor Intérprete Individual – ao lado de nomes como Fernando Alvim, Jorge Palma e Luísa Sobral – para a edição deste ano dos Globos de Ouro, que se realiza no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, no dia 20 de Maio.

Editado no final de 2011, Mútuo Consentimento coincidiu com a passagem de 40 anos sobre a publicação do seu trabalho de estreia, Os Sobreviventes. Neste disco, Sérgio Godinho conta com as participações de Bernardo Sassetti, Francisca Cortesão (Minta), Noiserv, o percussionista António Serginho, a Roda do Choro de Lisboa e os já habituais Assessores.

Com Mútuo Consentimento, Sérgio Godinho confirmou uma vez mais que mantém a inquietação e a sensibilidade que fazem dele uma figura ímpar na música escrita e produzida em Portugal. Canções como “O Acesso Bloqueado”, “Bomba-Relógio” ou “Em Dias Consecutivos”, entre outras, são a prova que o ‘escritor de canções’ está atento à vida e ao quotidiano do mundo.

Celebrando este galardão, a Universal Music em parceria com a FNAC disponibilizam Mútuo Consentimento a um preço com 33 por cento de desconto, ficando o preço final por 7,99 euros.

Entretanto, Sérgio Godinho e os seus Assessores continuam em digressão de apresentação do novo trabalho pelo país, tendo um espectáculo marcado para hoje, 3 de Maio, no Auditório de Espinho, às 21h30.

Texto de Cristina Alves
Foto de arquivo do C&H de FM
 

Deixar uma resposta