Restaurante Terreiro do Paço promete marcar a diferença neste verão

Por Clara Inácio e Elsa Furtado

O Terreiro do Paço é o mais recente espaço de restauração do Pátio da Galé, com a assinatura e a qualidade do Grupo Lágrimas e que promete animar o verão desta zona emblemática da baixa lisboeta, pautando pela qualidade e pela diferença.

A decoração é marcada pelo bom gosto, com peças de mobiliário revivalista e ecológico, onde a desarmonia dos copos e cadeiras, são uma das marca da casa. Nas paredes, diversas frases emblemáticas alusivas ao regicídio marcam a decoração “Matam-me o marido e filho” , da Rainha D. Amélia, é apenas uma de muitas.

A cozinha é essencialmente portuguesa/mediterrânica, como manda a boa tradição. O espaço não tem um chefe principal residente, mas a ementa resulta de uma combinação das propostas dos vários chefes que trabalham para o Grupo Lágrimas.

Entre os vários pratos destaca-se o risoto balsâmico em cogumelos e foie, pissaladiéres, o polvo, tartes de massa folhada, o leite creme da Quinta das Lágrimas, o “melhor” Pão-de-ló do mundo, entre muitas outras iguarias.

A carta de vinhos também apresenta algumas surpresas, como deixam antever as categorias existentes: Os nossos vinhos, As descobertas do Terreiro do Paço, Vinhos de Lisboa, Clássicos de Sempre, Vinho dos Douros Boys, Alentejanos de Barba Rija, Vinhos na Primeira Pessoa, Vinhos para sportingistas e não só e para finalizar Os bubblies.

O espaço funciona das 12h00 às 15h30 para almoços e das 20h00 às 24h00 para os jantares e de quinta a sábado tem um horário alargado até às 2h00, a splanada funciona todo o dia. Ao almoço está disponível também um buffet, por 12 euros por pessoa.

Durante o período de verão o espaço vai promover várias iniciativas, nomeadamente à quarta-feira é o dia de  “Happy Wednesdays”, com menu de tapas e um dj em destaque. Depois, na quinta-feira é noite de “Fados no Terreiro”, com início marcado para as 21h00, com a presença de Elsa Casanova acompanhada por José Manuel Duarte na guitarra e Bruno Costa na viola.

O menu tem um preço de 35 euros por pessoa, com bebidas incluídas, e inclui Pissaladière de pesto com salada verde, Polvo com migas de batata e broa, ou Lombinho de porco com puré de cogumelos e legumes salteados. Para a sobremesa, um  leite-creme da Quinta das Lágrimas.

Sexta-feira é dia de “Casual Fridays” com oferta da primeira Heineken à hora de almoço e ao fim da tarde é altura de “Paço Música Sunsets”, entre as 18h00 e as 21h00, por onde estão previstos passar nomes como Rui Pregal da Cunha, Armando Teixeira, Gomo, Rui Reininho com Jorge Romão, Tiago Bettencourt, entre tantos outros, numa iniciativa que se repete também ao sábado.



1 Comentário

  1. Olá boa noite! Gostei de ver a apresentação dos pratos e da mise-en-place da mesa da sala mezanine!
    Só um à parte, na fotografia nº11, onde tem a mise-en-place, falta-lhe uma faca de carne!! Ai, aii, que os empregados andam distraidos!!

    Os meus comprimentos e um resto de um bom trabalho!

    Boa noite

Deixar uma resposta