Restaurante Flores do Bairro Alto propõe carta gourmet para o verão

Uma cozinha nova, criativa, inovadora, de autor, mas muito portuguesa são algumas das apostas da carta de verão do restaurante Flores, do charmoso Bairro Alto Hotel, em Lisboa, e que agora conta com o chefe Vasco Lello aos comandos da cozinha.

O menu Flores inclui entradas como “Simplesmente … um creme de Topinambur”, “Assada … a sardinha com flor de sal e óregãos … num gaspacho”, no peixe destaque para o “Bacalhau…confitado com Ras-el-hannout…papas de grão, harira, briout e óleo de argan”, o “Atúm…na chapa com sésamo e molhoponzu…esmagado de batata-doce e gengibre”, ou o “Salongo…no sauté com ostras e limão…puré de ervilhas e manjericão”; na carne a escolha vai para a “Codorniz…frita com alho, louro e vinho branco… alheira, pão torrado e esmagado de maça”, ou o “Coelho…a sela braseada e recheada com os miúdos…a perna assada e desfiada com tomate, azeitonas e manjerona, ou o “Risotto…espargos verdes, beringela assada e parmesão.

Para sobremesa sugere-se “Do sul…bolinho de amêndoa, pêssego rosa e gelatina amarguinha”, ou “No prato, um famoso cocktail…o coco em bolo, o ananás em creme…”, entre muitas outras sugestões.

Para experimentar as novas propostas o restaurante criou momentos temáticos, como a primeira quarta-feira de cada mês, baptizada de “Noite Gourmet”. Pode ainda à sexta-feira ao almoço experimentar o buffet e ao domingo deliciar-se com o brunch.

Até dia 31 de Julho, no âmbito da iniciativa Chiado After Work, o Café-bar BA oferece uma degustação vinhos e azeite portugueses, e vai realizar uma noite temática, no dia 22, designada de “Buffet da Nossa Terra”, com frios, quentes e sobremesas, entre as 19h00  e as 22h00 por 15 euros cada pessoa.

O novo responsável pela cozinha do “Flores” é formado pela Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril e tem Curso Superior de Produção Alimentar na Restauração, antes de aqui chegar passou por restaurantes tão conhecidos como o do hotel Pestana Palace, do hotel La Bacarolle em Genéve, Hotel Albatroz e Bica do Sapato entre outros, e trabalhou com os chefes Eduardo Mello e Aimé Barroyer.

A sua cozinha é já uma cozinha de autor, marcada pela tradição portuguesa e mediterrânica, onde se destacam a utilização de produtos nacionais e tradicionais.

Texto e fotos por Clara Inácio
Fotos do hotel de Elsa Furtado

Deixar uma resposta