Público dançou e vibrou no primeiro Optimus Hype de 2011

O Optimus Hype 2011 chegou e venceu numa noite quente de primavera (sábado 9 de Abril,) no primeiro evento do ano de música, electrónica organizado pela Optimus. O público respondeu à convocação, marcad para o Passeio Marítimo de Algés, que se encheu de pessoas sorridente e vestidas a rigor para uma noite de muita alegria, na tenda Circo Loco, vinda especialmente de Ibiza para Lisboa.

O conceito Circo Loco nasceu em 2006 e é já uma referência internacional, pela sua mistura única entre a batida house, tecno, trance com a estética circense. À chegada, o público foi recebido por alegres assistentes de circo com balões e sorrisos, pois como prometido a organização disponibilizou a quem não veio a rigor com dresscode adequado, óculos escuros e narizes de palhaço, o que tornou a noite muito mais colorida.


No entanto para os mais rigorosos uma carruagem mágica disponibilizava arte “all gusto” para quem se atreve-se a criar uma personagem do universo circense, através das duas artistas de body-painting que fizeram surgir verdadeiras obras de arte das suas pinceladas, ao longo da noite.
O Dj Tiago Mendes abriu a noite e seguiram-se os Dj´s Henriq, SuperKiko e Zé Salvador b2b José Belo, que mantiveram o ambiente ameno até há 1 da manhã. Os Dj´s Freshkitos, Magazino e Tato deram o arranque para a energia explosiva que se sentiu, durante o resto da noite. Os Dj internacionais Clive Henry, Tania Vulcano e Dyed b2b Dan foram os últimos a entrar em palco com o público já ao rubro e chegaram tocaram e venceram.
Destaque também para a presença dos Dj´s nacionais como os Bloop Show Case (Magazino, José Belo e Tiago Marques), Freshkitos, Superkiko e Henriq e VJing que não ficaram atrás nas batidas dos Dj´s internacionais e marcaram as suas posições ao longo da noite.
Durante a noite os vários artistas de circo surgiam do meio do público e surpreenderam com a sua arte e deram um pouco de cor e alegria à iniciativa, que tinha como protagonist a música electronica.

Reportagem (texto e fotos) de Margarida Vieira Louro

Deixar uma resposta