Profundidade da ópera “A História do Menino Peixe” marca Natal

A Fábrica das Artes (serviço educativo do Centro Cultural de Belém) propõe uma emocionante ópera em português para ser assistida em família e terminar em beleza as férias do Natal, A História do Menino Peixe, de 1 a 4 de Janeiro no CCB.

Libreto a partir da peça teatral Jérémy Fischer, que foi apresentada, em estreia mundial, no dia 8 de Junho de 2007, na Bienal de Teatro para Público Jovem, em Lyon (França) , da autoria de Mohamed Rouabhi, o autor descreve esta peça teatral como sendo uma “história para as crianças solitárias ou que se tornarão um dia”.

Em estreia absoluta em Portugal e apresentada pela primeira vez fora de França, esta ópera de câmara, com música de Isabel Aboulker, conta a história de um menino chamado Jeremias, filho de uma família de pescadores que nasce sob o signo de Peixes e que de metamorfose em metamorfose se vai transformando num menino peixe, até chegar a hora de ir finalmente viver para o oceano.

“Por parte dos pais é preciso muito amor e inteligência para aceitarem o filho como ele é, diferente de todos os outros meninos, e ainda mais para aceitarem que o têm de deixar partir, porque se não o fizerem, Jeremias não poderá viver nem ser feliz”.

Basicamente, esta peça serve de metáfora para a transformação que todos nós sofremos ao longo do crescimento, em que deixamos de ser crianças dependentes dos nossos pais, para sermos adultos que precisam de partir para a sua própria vida.

Produzida pela Companhia de Ópera do Castelo, em colaboração com a Ópera National de Lyon, a versão portuguesa é da responsabilidade de Luís Rodrigues e conta com a interpretação de Catarina Molder, Luís Rodrigues e Armando Possante.

Para maiores de cinco anos, a produção, que tem uma duração de 60 minutos, vai ser exibida de 1 a 3 de Janeiro às 19 h00, havendo ainda uma sessão especial para as escolas dia 4, às 15h00.

Os bilhetes variam entre os três euros (nos dias úteis) e os cinco euros (fins-de-semana e feriados) e podem ser comprados no CCB, Lojas FNAC, Lojas Bliss, Livraria Bulhosa (Oeiras Parque), Lojas Abreu, Lojas Worten, Livraria Almedina, El Corte Inglês, Media Markt, Agência Abep, Agência Alvalade.

Por Cristina Alves

Deixar uma resposta