Principezinho regressa em novo romance de A.G. Roemmers

O Regresso do Jovem Príncipe, de  Alejandro Guillermo Roemmers, consagrado escritor argentino, é uma das novidades editoriais da Lua de Papel, da editora Leya. O livro continua a intemporal viagem e história do Principezinho, de Saint-Exupéry, caso este tivesse regressado à terra nos dias de hoje, como teria sido a sua adolescência e como teria conseguido manter a inocência pura do seu coração.

“Este livro conta-nos como a viagem deste Jovem Príncipe pelas paisagens desoladoras e desérticas da Patagónia proporciona a um adulto privilegiado a oportunidade de conversar com um adolescente desconhecido, que se encontra no meio do nada e que o obriga a ir mais além das aparências. Finalmente, esse Jovem Príncipe transforma-o, e modifica a sua percepção dos outros, colocando-lhe as mais importantes perguntas filosóficas de forma simples e compreensível. Trata-se de uma viagem de iniciação para a juventude, e de um regresso às origens para adultos desorientados. Por momentos, O Regresso do Jovem Príncipe parece uma espécie de cartilha dos tempos modernos, escrito no século XXI por um homem levado pela ambição de uma grande mudança, numa sociedade que renega: estruturas políticas inadaptadas, e um sistema educativo incapaz de promover uma mensagem de esperança.”  afirmou Bruno d’Agay, familiar de Antoine de Saint-Exupéry, a propósito deste novo romance.

Na remota Patagónia, a quilómetros de qualquer povoado, um viajante encontra um rapaz adormecido à beira da estrada. Está vestido como um pequeno príncipe, esconde-se num manto azul. Tem o cabelo muito louro, da cor do trigo. O menino acordará mais tarde, cheio de perguntas para fazer. Aos poucos vai falando de si, do seu pequeno planeta distante, de uma flor caprichosa que abandonou ao seu destino… e de um pequeno carneiro que aprisionou numa caixa de cartão, para que não fizesse mal à sua flor. Estas palavras fazem o vajante recordar um outro menino louro, às voltas com uma rosa, um pequeno planeta e um carneiro. É esse pequeno príncipe que agora reencontra, já adolescente, repleto de dúvidas e medos. O viajante fala-lhe do mundo moderno, das auto-estradas, da poluição, das guerras, da felicidade, do amor e da lealdade.

A obra está publicada em mais de quinze países e idiomas, e disponível nas livrarias portuguesas desde início de novembro, conta com prefácio de Bruno d’Agay, familiar de Antoine de Saint-Exupéry. O livro realça a importância dos valores da vida em sociedade, como o amor, a fraternidade, a educação e a família, valores constituintes e integrantes das sociedades modernas, civilizadas e humanas.

O Regresso do Jovem Príncipe, no original The Return of The Young Prince, de A.G. Roemmers, é um lançamento da editora Lua de Papel, com 130 páginas e preço recomendado de 14,90 euros.

Texto de Clara Inácio

Deixar uma resposta