Planeta edita O Anjo Perdido de Javier Sierra

A Planeta edita este mês um thriller histórico, O Anjo Perdido de Javier Sierra, que partilha com o leitor um segredo que pode mudar o destino da Humanidade. Um thriller vertiginoso que mistura história, ciência e mitologia.

O público português já conhece os seus livros A Última Ceia, A Senhora do Manto Azul, e  A Rota de Santiago. Javier Sierra é o único escritor espanhol contemporâno que conseguiu chegar ao top ten dos livros mais vendidos nos Estados Unidos. Para escrever este livro Javier escalou o monte Ararat, com mais de cinco mil metros de altitude, na Turquia.

Enquanto trabalha na restauração do Pórtico da Glória de Santiago de Compostela, Julia Álvarez recebe uma notícia devastadora: o marido foi sequestrado numa região montanhosa do Nordeste da Turquia. Sem o desejar, Julia vê-se envolvida numa intriga ambiciosa à escala mundial, para controlar duas pedras antigas, que aparentemente permitem o contacto com entidades sobrenaturais, desde uma misteriosa seita oriental até ao presidente dos Estados Unidos.

Javier Sierra nasceu em Espanha, em Teruel, em 1971. Formado em jornalismo, foi director da revista Más Allá de la Ciência, foi apresentador e director de programas de rádio e televisão. Presentemente dedica-se à investigação histórica. As suas obras estão traduzidas em mais de quarenta línguas.

O Anjo Perdido, de Javier Sierra, da Planeta, com 464 páginas e à venda a partir de amanhã, pelo preço de 20,95 euros.

Texto de Clara Inácio

Deixar uma resposta