Pinóquio é a estrela deste Natal no Politeama

Reportagem de Sara Santos (fotos) e Cristina Alves (texto)

A célebre história infantil de Pinóquio, criada no século XIX pelo italiano Carlo Collodi, sobre um boneco de madeira que queria ser um menino de verdade e que quando mentia lhe crescia o nariz, foi adaptada por Filipe La Féria para um musical que estreou este sábado em Lisboa, no Teatro Politeama.

Rodeado por uma equipa de novos criadores, atores, cantores, bailarinos e músicos, La Féria criou um espectáculo para toda a família apoiado em novas e sofisticadas tecnologias do vídeo, em que a cenografia, o vídeo, a luz, o som, a música, o bailado e a representação criam uma atmosfera especial, encantadora e moderna.

Pinóquio tem direção artística, encenação, cenografia e figurinos de Filipe La Féria, que conta no elenco com Joel Branco, que regressa ao Teatro Politeama para interpretar Gepeto, o carpinteiro que constrói a marionete que fala, canta e dança.

Ana Rita Dionísio, a jovem revelação de Música no Coração, interpreta Pinóquio, enquanto Tiago Isidro, além de ser o responsável pela direcção musical, é Estrambólico, o dono do circo.

O ator Sérgio Lucas faz o papel do Grilo Falante, a consciência da personagem principal, e Sara Cabeleira é a Fada Azul, que concretiza o desejo de transformar o boneco de madeira num menino de carne e osso, e uma das personagens preferidas dos mais pequenos. Bruna Andrade e Hugo Goepp são a raposa e o gato que tentam levar Pinóquio por maus caminhos e Inês Herédia, a revelação do espectáculo Wojtyla, tem aqui uma interpretação muito aplaudida como Rebeca Vilã, responsável por levar o boneco para a Burrolândia.

As Aventuras de Pinóquio estão em exibição aos sábados e domingos, às 15h00, e de terça a sexta-feira, às 11h00 horas (para as escolas).

Oos bilhetes variam entre os 7,50 euros e os 12,50 euros e estão à venda nos locais habituais.

Deixar uma resposta