Peixe Em Lisboa Ocupa Pavilhão Carlos Lopes A Partir De 30 De Março

O Peixe em Lisboa está de regresso para a sua 10ª edição, esta com um cariz muito especial, pois o evento muda mais uma vez de localização, desta feita para o emblemático e recentemente recuperado Pavilhão Carlos Lopes, no Parque Eduardo VII, onde vai decorrer de 30 de março a 9 de abril.

À semelhança das edições anteriores o evento gastronómico vai contar com a presença de vários Chefes prestigiados, nacionais e estrangeiros, e também de vários restaurantes nacionais e estrangeiros.

Entre os Chefes já confirmados destaque para as presenças dos espanhóis Sergi Arola no dia 1 de abril e Ricard Camarena no dia 3 de abril, o brasileiro Felipe Schaedler no dia 6 de Abril, e do londrino Alyn Williams no dia 7 de abril.

Entre os Chefes nacionais, alguns detentores de estrelas Michelin, salienta-se a presença de Milton Anes no dia 1 de abril, do Lab/Arola; no dia 4 estão já confirmados Ricardo Costa do The Yeatman, Rui Paula da Casa de Chá da Boa Nova, e Vítor Matos do Antiqvvm; no dia 5 é a vez de Miguel Laffan do L’AND & Vineyards. E no dia 9 é a vez do Chefe José Avillez apresentar-se ao público do Peixe em Lisboa.

Durante os 11 dias, desta 10ª edição irão funcionar em permanência os restaurantes Alma, de Henrique Sá Pessoa; Boi-Cavalo, um pequeno restaurante “de culto” de Alfama, com a cozinha de Hugo Brito; Paulo Morais, com o restaurante Rabo d’Pêxe; A Taberna da Rua das Flores; o Ibo, que combina gastronomia portuguesa e moçambicana; o Chapitô à Mesa, de Bertílio Gomes; o Ritz Four Seasons Hotel Lisboa, com Pascal Meynard; o Arola do Penha Longa, chefiado por Milton Anes; o chefe Kiko Martins, autor de restaurantes como O Talho, a Cevicheria e d’O Asiático; e o Ribamar, de Sesimbra, de Hélder Chagas.

As provas são um dos pontos principais da programação e este ano o destaque vai para a nova Prova de Pataniscas no dia 3 de abril, na qual os participantes convidados apresentam a concurso pataniscas cozinhadas à moda lisboeta, que vão ser avaliadas numa prova cega.

Mantém-se a prova “ADN de Pasteleiro”, realizada pela primeira vez em 2016, e que decorre no dia 31 de março, e que reúne alguns dos mais promissores chefes pasteleiros a trabalhar em Portugal, e que serão avaliados por um júri encabeçado pelo gastrónomo José Bento dos Santos. E por fim a já famosa e habitual prova do “O Melhor Pastel de Nata” no dia 5 de abril.

A programação inclui ainda tertúlias; harmonizações enogastronómicas; sessões de showcooking (como o de “Conservas, algas e aquacultura: uma ementa com futuro”, com a Chefe Patrícia Borges, no dia 8 de abril e outro com os Chefes João Rodrigues e Alexandre Silva que vão ensinar a preparar receitas gourmet com carapau seco da Nazaré); e acções de sensibilização para o consumo sustentável de peixe em colaboração com a Ciência Viva –“Peixe com Ciência” no dia 04 de abril, acompanhados com um gin de algas; para além do habitual Mercado Gourmet, no Food Court, instalado no salão principal do Pavilhão Carlos Lopes, e que este ano contará com cerca de 497 lugares sentados.

Uma das principais novidades é a existência de uma área exclusivamente dedicada às crianças, onde os mais pequenos podem fazer experiências culinárias que têm o peixe e o marisco como estrelas principais, assim como aprender a cozinhar com ingredientes frescos e a comer de forma saudável, com a ajuda de nutricionistas.

O Peixe em Lisboa vai funcionar no dia 30 de março das 16h00 às 00h00, de 31 de março a 8 de abril das 12h00 às 00h00, às sextas e sábados até à 01h00, e no dia 9 de abril das 12h00 às 18h00.

Os bilhetes vão estar à venda no local, e para um dia custam 15 euros a partir dos 12 anos. A segunda-feira continua a ser “Dia Económico”, em que uma entrada no valor de 15 euros/pessoa, confere o direito a um consumo de 12 euros ao longo de todo o dia. Durante os dias de semana, entre as 12h00 e as 15h00, a entrada no Peixe em Lisboa também dá direito a 12 euros de consumo.

O consumo passa a ser pago através de cartões de consumo pré-carregados com 6 euros, que poderão ser usados nos restaurantes e em bebidas, sendo o pagamento do consumo adicional efetuado à saída do evento.

Para esta edição foi também criada a aplicação App Peixe em Lisboa 2017, disponível para iOS e Android, onde pode ser encontrada toda a informação sobre todos os detalhes do evento, perfis dos restaurantes e chefes, assim como uma agenda personalizável.

O Peixe em Lisboa é uma iniciativa da Associação Turismo de Lisboa, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e produção da DOT Global e LGSP Events.

Deixar uma resposta