Paredes de Coura já tem cartaz fechado

A menos de dois meses da Praia Fluvial do Rio Tabuão ir receber o festival Paredes de Coura, o cartaz já se encontra fechado, com destaque para os The Prodigy, que actuam no último dia.

Os Los Campesinos! São um dos grupos que vão dar as boas vindas aos campistas de Paredes de Coura, com um concerto que promete ficar na história do festival. Naturais de Cardiff, no País de Gales, editaram este ano o terceiro disco de originais, Romance is Boring, dois anos após a estreia da banda, que servirá de base ao concerto de dia 28 de Julho, em Paredes de Coura.

No mesmo dia, o músico, compositor, cineasta e poeta Cosmo Jarvis também vai ao Festival Paredes de Coura contar e cantar uma série de histórias que compõem Humansyouhitch/Sonofabitch, o primeiro álbum de originais deste americano radicado em Inglaterra. O músico é conhecido pelo seu estilo completamente desprendido e por uma sonoridade que varia de canção para canção. Ainda no dia de recepção chegam os Memory Tapes. Neste dia o norte-americano Dayve Hawk vai fundir o indie-pop com a electrónica, num todo que já foi aparentado aos New Order mas que também tem um pouco de Postal Service.

As novidades continuam no dia 30 de Julho, com a homenagem que Peter Hook, ex-baixista dos Joy Division, decidiu fazer ao antigo vocalista da banda, Ian Curtis, que se suicidou há 30 anos. Para o efeito, o baixista vai tocar na íntegra o primeiro álbum dos Joy Division, Unknown Pleasures (1979).

O palco principal vai ainda receber o inglês Plan B ou Benjamin Drew, músico e actor britânico apresentado como “contador de histórias sobre droga, psicopatas, violações e abusos sexuais”. Drew é senhor de uma música que vagueia entre o R&B e o hip-hop – estilos surpreendentes num festival – dado nos últimos anos aos prazeres do indie mais bucólico.

Para o último dia foi entretanto anúnciado que o britânico Jamie T, que este ano ganhou o prémio da revista NME para Melhor Artista a Solo, vai marcar presença no certame. O músico vem apresentar o seu mais recente álbum de originais, Kings and Queens, lançado no ano passado. E a encerrar com chave de ouro surge o nome dos The Prodigy, que, depois de uma actuação “incendiária” no Pavilhão Atlântico, preparam-se agora para tomar de assalto a Praia Fluvial do Tabuão, dia 31 de Julho. Liam Howlett, Keith Flint e Maxim são as três lendas-vivas do Rave-Punk que regressaram em grande com o último álbum Invaders Must Die.

A edição deste ano decorre de 28 a 31 de Julho e já foram confirmados os concertos de artistas como Best Coast (28), Enter Shikari, Gallows e Vivian Girls (todos no dia 29), Klaxons, White Lies e The Tallest Man on Earth (30) e The Specials e Dandy Warhols (31). O Palco After-Hours vai receber a 29 de julho os We Have a Band.

Por Cristina Alves

Cartaz Completo

28 de Julho – Dia da Receção ao Campista – Los Campesinos!, Best Coast e Cosmo Jarvis.

29 de Julho – Enter Shikari, Gallows e Vivian Girls. Palco After-Hours – We Have Band.

30 de Julho – Peter Hook performing “Unknown Pleasures”, Klaxons, White Lies e The Tallest Man on Earth.

31 de Julho The Prodigy, The Specials, Jamie T e The Dandy Warhols.

Deixar uma resposta