Os sítios sem resposta é o novo livro de Joel Neto

Joel Neto regressa à ficção com o lançamento do livro Os Sítios sem Resposta dez anos depois de O Citroën que Escrevia Novelas Mexicanas e traz-nos uma viagem ao coração dos homens e um tributo ao indecifrável poder das mulheres. A apresentação é hoje no Restaurante do El Corte Inglés de Lisboa, às 18h30.

Um homem muda de tudo: muda de mulher e de partido, muda de religião e até de sexo – muda daquilo que quiser, menos de clube de futebol. Miguel João Barcelos mudou. Atrás, tem dois casamentos fracassados, uma monótona carreira de profissional de seguros e uma longa história de serões passados ao lado do pai, chorando algumas das mais belas e irresistíveis derrotas do Sporting. Agora, começou a sofrer pelo Benfica. E é quando se prepara para confessar o seu crime que vê entrar em cena uma misteriosa executiva de saltos altos, determinada a virar do avesso todas as certezas sobre as quais esperava erguer o seu projecto de nascer de novo.

Joel Neto nasceu em Angra do Heroísmo, em 1974. Está traduzido em Inglaterra e na Polónia, editado no Brasil e representado em antologias em Espanha, Itália e Brasil. O seu primeiro romance, O Terceiro Servo, foi objecto de tese de doutoramento na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, no Brasil. O Citroën que Escrevia Novelas Mexicanas é leitura obrigatória na Universidade dos Açores. É cronista em alguns dos mais importantes jornais portugueses. A Porto Editora publicou Regresso a Casa (2011), uma selecção das crónicas publicadas no Diário de Notícias e no Jornal de Notícias.

Os sítios sem resposta, de Joel Neto, da Porto Editora, com 192 páginas e à venda pelo preço de 15, 50 euros.

Texto de Clara Inácio

Deixar uma resposta