Oficina do Livro edita 1º romance de Pedro Boucherie

Pedro Boucherie Mendes estreia-se na escrita com  Agora, uma história de amores próprios, o seu primeiro romance. Esta história de amores próprios explica-nos que na verdade, nada sabemos sobre os outros.

Aos 35 anos, Vasco deixou o amor fugir-lhe para sempre porque não esteve para se chatear. Quem vai pagar pelo maior erro da sua vida é Alexandra, a vizinha divorciada incapaz de perceber qual a intenção deste homem. Vasco é insondável, até para os amigos com quem passa a maior parte do tempo: Guicas, a menina rica e cleptomaníaca que gosta demasiado de vodka e não suporta ver ninguém feliz; Miguel, que se casou com ela por dinheiro e estatuto e que agora vê na morte da mulher a solução para todos os problemas; Sofia, que não consegue esquecer Vasco e se tornou numa mãe desesperada por atenção, desconfortável no seu corpo e ressentida com os amigos; e Quico, o inconsequente marido de Sofia, que a trai com Mafalda, uma arrivista disposta a quase tudo para pertencer àquele grupo onde, na verdade, ninguém se conhece e todos estão à deriva.  Um dia, o tarólogo Zé Luís, com os seus dentes demasiado brancos, cruza-se com estes homens e mulheres. E a vida de todos muda bruscamente.

Pedro Boucherie Mendes nasceu em 1970 e é jornalista. Trabalhou na rádio, imprensa e televisão. Começou a escrever no jornal O Independente. Presentemente é director dos canais temáticos da Sic.

Amores Próprios, de Pedro Boucherie Mendes, da Oficina do Livro, com 320 páginas, à venda com o preço de 14,50 euros.

Texto de Clara Inácio

Deixar uma resposta