Óbidos dá salto na história e regressa à época medieval

Ceias Medievais, mais oferta gastronómica, mais música, mais animação e novos horários, são algumas das novidades do Mercado Medieval de Óbidos, que decorre entre 1 e 18 de Julho, este ano apenas de quinta a domingo, com diversos espectáculos para todas as idades.

Este ano as “Artes e os Ofícios” são o ponto central do Mercado Medieval e, a partir desta temática, são elaboradas rábulas, personagens, mestres de juglaria, taberneiros, mercadores, aguadeiros, vendedores ambulantes e outros que tais… transportando o visitante para uma verdadeira Festa da História.

O certame recria o período conturbado do rei D. Fernando que, face à ameaça de batalhas com Castela, vê necessário reforçar as estruturas defensivas do reino. A acção desenrola-se com a vila cheia de pessoas, carpinteiros, ferreiros, comerciantes e almocreves que “vivem” intensamente os seus ofícios.

Pela cerca do castelo passarão grupos de animação franceses, italianos, espanhóis e muitos portugueses, e também projectos de cariz comunitário. No palco principal vão existir pelo menos dez espectáculos por dia, a que se juntam animações por todo o evento, nomeadamente danças antigas, torneios a cavalos, encenações e cortejos.

Haverá cerca de uma centena de mercadores e artesãos e uma zona de mouraria, que já não havia há algum tempo. Pelo recinto encontram-se ainda 18 tavernas e, junto à Pousada do Castelo, estarão mestres de vários ofícios a trabalhar ao vivo e as pessoas poderão experimentar.

A pensar nos mais novos, vai haver pela primeira vez uma “Torre Mágica”, espaço exclusivamente dedicado às crianças dos 3 aos 12 anos, onde o objectivo é aprender mais sobre as nossas raízes de uma forma divertida. Outra das actividades para os mais pequenos vai decorrer no interior da Torre Albarrã, em pleno recinto da Cerca do Castelo, desenvolve-se um atelier de construção de adornos para os participantes-júniores cobrirem a cabeça e um teatro de fantoches, com a recriação da lenda da conquista do castelo.

Com duração de uma hora, nestas actividades as crianças são convidadas a viajar na história, a contactar de perto com o nosso património e a experimentar a profissão de artesão. Ambas as actividades não estão incluídas no bilhete e custam 7 euros.

Outra das novidades, as Ceias Medievais, vão permitir reviver o passado através da recriação do ambiente de um repasto medieval, mesmo no coração do mercado. No palco principal decorrem os grandes espectáculos e é aqui que terão lugar as referidas ceias. Um banquete rico em iguarias, onde a música e a dança são uma constante. As ceias têm um valor de 40 euros por pessoa e dão também direito à entrada e a traje.

A feira abre às 17h00 durante a semana e ao meio-dia ao fim-de-semana e só encerra à 1h00, excepto à quinta-feira e ao domingo, que é à meia-noite.

O bilhete de entrada é de 7 euros, mas os trajados à época e portadores da Via Verde para a Cultura poderão entrar gratuitamente. Os munícipes terão entrada gratuita à quinta e sexta-feira.

Este ano haverá cerca de 300 fatos para alugar em dois pontos de aluguer.

Por Cristina Alves
Fotos C.M.Óbidos

1 Comentário

  1. Olá! Gostei muito da matéria sobre Óbidos, lugar que conheço pessoalmente. Gostaria de receber a programação de 2015 das feiras medievais de Portugal. Vivo no Brasil e gostaria de voltar aí nesse período para fazer pesquisa histórica pois que sou escritora. Por favor me indiquem onde posso encontrar tal informação. Seria na Embaixada?
    Aguardo seu retorno,
    Obrigada

Deixar uma resposta