Teatro da Trindade apresenta Barioná de Sartre

O Teatro da Trindade recebe Barioná, uma peça de Jean Paul Sartre levada à cena pelo TEO – Teatro do Ourives. Um mistério de Natal para ser visto até dia 23 de dezembro, em Lisboa.

Barioná é a primeira peça de Sartre que fala do Natal, é uma peça inédita. O seu objetivo foi encontrar um tema que unisse cristãos e não crentes na noite de Natal. A encenação pertence a Júlio Martín da Fonseca, conta com a participação dos atores do TEO em colaboração com o grupo de teatro da Universidade Técnica de Lisboa. Participam também 10 figurantes, voluntários, associados do Inatel que integraram o grupo depois da participação num workshop de teatro francês “L’ arc en ciel”.

Júlio Martín da Fonseca, encenador da peça, declara que “Barioná de Jean-Paul Sartre é um belíssimo e comovente convite à Esperança e à descoberta fulgurante da liberdade. Encontramos nesta obra uma faceta de Sartre menos conhecida, que tenho a certeza irá encantar o público neste Natal.”

Os espetáculos decorrem nos dias 15, 16, 17, 18, 22 e 23 de dezembro. De quinta a sábado às 21h00 e domingos às 16h00.

O bilhetes variam entre os 5 euros e os 15 euros e estão à venda nas bilheteiras  do Trindade e locais habituais.

Texto de Clara Inácio

 

Deixar uma resposta