O Nome da Rosa – pelos Fatias de Cá em Tomar

Uma viagem a um mosteiro medieval, num ambiente misterioso é a proposta do grupo de teatro de Tomar, Fatias de Cá, para os fins-de-tarde de sábado e domingo, no Convento de Cristo, que proporcionam aos mais curiosos uma nome_rosaexperiência verdadeiramente única.

Em 1327, reunem-se numa abadia os teólogos do Papa e os do Imperador para discutir a pregação dos Franciscanos, que chamam a Igreja de volta à pobreza evangélica e, implicitamente, à renúncia ao poder temporal. Guilherme de Baskerville, teólogo imperial, vê-se envolvido numa verdadeira história policial: um monge morreu misteriosamente nessa abadia, mas é somente o primeiro de sete cadáveres.

A peça tem início marcado para as 17h17, e tem duração prevista de 4h30 a 5 horas. O início é avisado pelo repenicar ddos sinos da torre do Convento de Cristo e tem seis momentos de refeição pelo meio e muitas surpresas. Os bilhetes custam 30 euros por pessoa. Uma experiência a não perder.

Deixar uma resposta