O encontro entre Portugal e o Japão num romance de Emílio Miranda

O Livro dos Mosquetes é mais um romance histórico de Emílio Miranda, editado pela Saída de Emergência, desta vez sobre a chegada dos portugueses ao Japão.

Em pleno século XVI, quando o Império Português atingia o seu auge, um junco com marinheiros portugueses naufraga numa praia desconhecida. Sem o saberem, acabam de confirmar a existência de uma terra que só existia nas lendas: a Terra do Sol Nascente, o Japão.

Deste inesperado contacto resulta a descoberta de um mundo tão diferente que parece arrancado dos sonhos: um mundo ordeiro e magnificamente belo, habitado por um povo cujos guerreiros – os samurais – superam em dignidade e crueldade, tudo quanto os portugueses haviam visto até então.

Depois do junco português ser reparado, parte de novo para o Mar da China. Mas nada voltará a ser igual, nem para os marinheiros que partem com a notícia para o rei português, nem para João Boavida, o marinheiro que, apaixonado pelo Japão e por uma misteriosa mulher, decide ficar.

Mas a maior mudança será para a própria Terra do Sol Nascente que, enfeitiçada pelos mosquetes que os portugueses trazem, nunca mais será a mesma.

O Livro dos Mosquetes de Emílio Miranda, Saída de Emergência, com 368 páginas, à venda por 16,90 euros.

1 Comentário

Deixar uma resposta