Novidades da gastronomia japonesa no Sushicafé

Reportagem de Tânia Fernandes e António Silva

sushicafe_12

Bitoque na ementa de um restaurante japonês? Pode surpreender a maioria, mas a verdade é que é no Japão que se encontra a carne mais tenra e saborosa. Fez por isso, todo o sentido, para o chef Daniel Rente, responsável pela cozinha do Sushicafé Avenida, adicionar este prato à nova ementa. Mas não se fica por aqui. São muitas as surpresas que vai encontrar neste espaço.

“Gostamos de inovar e surpreender. A partir da experiência que eu e a minha equipa temos vindo a desenvolver, preparámos um conjunto de pratos exclusivos para que os nossos clientes possam conhecer e apreciar a verdadeira cozinha japonesa” explica Daniel Rente.

Assim de entradas apresentam algumas novidades como o nanbazuke (escabeche japonês) e o kimchie (salmão e wakame enrolado em kimchie de couve chinesa). Reinventaram formatos tradicionais e introduziram novos sabores que fazem com que a refeição seja uma verdadeira experiência gastronómica como o citric salmon (rolo de sushi coberto com salmão, melão, camarão alimado, toranja desidratada e molho de citrinos), o eke pêra doce (rolo de sushi coberto e braseado com butterfish, recheio de camarão crocante, doce de pêra nachi, panko torrado, crocantes de nachi e teriyaki) ou o honey roads (rolo de sushi coberto com salmão braseado, recheado com camarão de tempura, tártaro de salmão, alface, maçã, fio de mel e enrolado em masago arare).

Na secção de usuzukuri (sahimi fino) vale a pena apontar para o salmon & ognion (salmão em carpaccio, confit de cebola roxa, panko, ponzu, óleo trufado e flor de sal) ou o tomato & salmon (fatias finas de salmão, brunoise de tomate, azeite DOP, panko torrado e flor de sal).

Pelos gunkan (bola de arroz de sushi em cinta de folha de nori ou peixe e topping) as novidades são o gunkan foie gras (gunkan de foi egras no teppan, pêssego assado e cebolo) e o gunkan suzuki & onion (gunkan de robalo, pancetta e cebola caramelizada).

 

A nova carta apresenta também pratos quentes que podem servir de alternativa a quem não aprecia sushi, no entanto, pela qualidade do sabor, merecem especial atenção por si só. São eles o japanese bitoque (lombo especial, ovo frito, batata doce crocante e demi shoyu) ou o sakana shitake (robalo grelhado, cebolinhas, shitake e ghee).

Concebido pelo reputado atelier Saraiva & Associados, o Sushicafé Avenida é uma referência dentro da arquitetura de espaços de restauração. O conforto e o ambiente cosmopolita estão patentes, demarcados por espaços de luz e laminas brancas ondulantes. A sua retroiluminação permite adaptar o ambiente do restaurante consoante a cor e a intensidade da luz, criando uma sensação de descoberta a cada visita.

O restaurante divide-se em cinco ambientes distintos: esplanada, bar, sushi bar, zona de refeições e zona japonesa.

O Sushicafé Avenida fica na Rua Barata Salgueiro, nº 28 em Lisboa. Serve refeições no período do almoço, de segunda-feira a sábado das 12h30 às 15h30. Ao jantar abre sempre às 19h30 e fecha portas às 0h00 de segunda a quarta-feira, 01h00 às quintas-feiras e 02h00 às sextas-feiras e sábados. Está encerrado aos domingos.

Deixar uma resposta