Nestas vindímas sugerimos o programa da Casa da Ínsua em Penalva do Castelo

Em época de vindímas sugerimos o programa da Casa da Ínsua, em Penalva do Castelo, que pretende proporcionar aos seus hóspedes uma experiência verdadeiramente inesquecível, desde 133 euros por pessoa.

O programa inclui duas noites de alojamento com pequeno-almoço, um almoço, uma prova de vinhos Casa da Ínsua acompanhada de queijos também eles produzidos na Quinta, e todas as actividades associadas. Os hóspedes da Casa da Ínsua podem ainda usufruir da recém-inaugurada piscina exterior aquecida do hotel, jardins setecentistas, visitar a adega, a queijaria e a quinta.

O programa “Vindímas 2011” inicia-se logo na chegada dos hóspedes ao hotel. Para que entrem imediatamente no espírito, os participantes recebem uma oferta do hotel: uma t-shirt e um chapéu a utilizar nas vindímas.

No sábado de manhã, após uma recepção feita pelo enólogo da Casa da Ínsua, os visitantes participam na actividade de vindima, começando pela apanha das uvas e fazendo depois uma merecida pausa para um almoço ao ar livre na propriedade. Na parte da tarde, têm lugar as fases de pisa e vinificação. Os hóspedes serão então levados numa autêntica viagem no tempo, sendo convidados a pisar a uva nos antigos lagares de granito da Casa da Ínsua, recentemente recuperados pela Visabeira Turismo.

Era por estes lagares históricos, que remontam ao século XIX que, no passado, passava toda a produção vitivinícola da Quinta. Estas instalações eram tecnologicamente muito avançados para a época, e o processo de vinificação muito sofisticado: depois da pisa a pé, o vinho era depois conduzido por gravidade em condutas, também elas de granito, e encaminhado para dentro das pipas que se encontravam na parte inferior da adega. Atualmente, estes lagares já não são utilizados para a produção de vinho, estando apenas reservados para pontuais e exclusivas actividades de enoturismo.

Terminada a jornada de vindíma, os participantes serão depois convidados para uma prova de vinhos Casa da Ínsua acompanhada de queijos também eles produzidos na quinta. Para o último dia do programa está ainda reservada uma visita guiada aos espaços históricos musealizados do palácio e aos magníficos jardins do Hotel.

Texto de Antónia Barroso
Foto de Elsa Furtado

Deixar uma resposta