Música, gastronomia e artesanato e feira do livro animam Natal em Odemira

Artesanato, comércio local, gastronomia, animação cultural e ainda espectáculos de música, além de uma feira do livro, antecipam o Natal no concelho de Odemira, onde as primeiras iniciativas começam no fim-de-semana.

Na vila de São Teotónio, o recinto de feiras e exposições recebeu nos dias 8 e 9 de dezembro o “Natal na FACECO”, com artesanato, gastronomia e animação local, com destaque para o comércio local.

Vários comerciantes locais tiveram os seus serviços e produtos disponíveis, com promoções e descontos, acompanhados por um intenso programa, com artesanato ao vivo, gastronomia, animação infantil e música.

Desde terça-feira e até ao dia  29 de dezembro, a Biblioteca Municipal José Saramago, em Odemira, é anfitriã de uma feira do livro, que pretende “promover o livro e a leitura”. A ideia é aliar a cultura à época natalícia, sugerindo a opção de oferecer livros no Natal a familiares e amigos.

Ainda na Biblioteca José Saramago, mas entre os dias 18 e 22 de dezembro, um ateliê sob a temática do Natal vai procurar levar os mais novos a criar “verdadeiras obras de arte”, recorrendo a materiais como cartolinas, papéis brilhantes, jornais, cola, tesouras e fitas colotiras.

Este ano, é o Coro Polifónio de Castro Verde que vai animar o tradicional Concerto de Natal, agendado para o dia 21 de dezembro, pelas 21h30, no Cineteatro Camacho Costa, em Odemira, com Cantos de Paz e Fraternidade, Ambiências de Dezembro, Cantos de Alegria e Esperança e Natal no Alentejo. Serão 15 temas, de compositores tão variados como Mozart, Beethoven, Mendelssohn, Chopin e Schubert, entre temas tradicionais alentejanos.

O Coro Polifónico de Castro Verde, da Associação Sénior Castrense, tem a direção musical de António João César, atual docente no Conservatório Regional do Baixo Alentejo.

Texto de Ângela Nobre

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.